1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Remuneração adequada

Discussão em 'Web Development' iniciada por davidprod, 17 de Janeiro de 2008. (Respostas: 49; Visualizações: 7330)

  1. davidprod

    davidprod Power Member

    Ola a todos!

    Venho pedir a vossa colaboração para um questionário, o objectivo é chergar a uma remuneração justa consoante os meus conhecimentos e experiência.

    Tenho 21 anos;

    Estudei informática no secundário, 12ºano;

    Curso profissional webdesigner - escola flag.pt
    Curso profissional programador web - escola flag.pt


    Conhecimentos:
    flash;
    Fireworks;
    Dreamweaver;
    Visual studio;
    Flex;

    HTML; (bom)
    Javascript; (bom)
    C#; (razoável)
    ASP.NET; (razoável)
    PHP; (bom)
    XML; (bom)
    Actionscript 2.0, 3.0; (muito bom)
    MXML(flex); (bom)

    Para além destas technologias também tenho vastos conhecimentos de produção de audio em várias aplicações.

    Estou a tabalhar na área desde julho de 2007, numa empresa, não sou freelancer;

    Portfólio (desenvolvidos inteiramente por mim):
    www.koolcaffe.com; (flash - dinamico, guestbook, galeria, etc)
    www.livesound.pt; (flash - dinamico, produtos)
    www.radiocardal.com; (php - dinamico, notícias, mensagens, galeria, etc)
    www.flordaserra.pt; (flash - estático)
    www.lusitanoclub.com; (flash - dinamico, videos, guestbook, galeria, etc)
    entre outros...

    Também colaborei em varios projectos, nomeadamente uma plataforma em flex e varios sites em php;

    Fico a contar com a vossa experiência e conhecimento para que me possam dar uma ideia de qual a minha remuneração. Não tenho o objectivo de ser elevada, mas apenas justa.

    Um obrigado desde já.
     
    Última edição: 18 de Janeiro de 2008
  2. filipemm

    filipemm Power Member

    Não sei qual poderá ser a tua remuneração, apenas te venho dizer que gostei muito dos sites, acho que tens jeito.. :001:

    Outra coisa importante.. fica aqui a dica pra corrigires os erros ortográficos.. acho que não fica bem um web developer da tua categoria dar esses erros :S

    Altera remuneração, consoante e portefólio ou portfólio!

    :kfold:
     
  3. davidprod

    davidprod Power Member

    :D Tens toda a razação!
    Sorry pelos erros, mas isto foi na pressa da hora de almoço.
     
  4. CoolMaster

    CoolMaster Power Member

    Diria que numa fase inicial e como es novo e sem experiência pode andar entre os 600-1000e, mas o mais provavel é ficar entre os 700-800e e depois com a experiência ires ganhando mais uns trocos.
     
  5. blindview

    blindview Power Member

    Obviamente que isto é apenas baseado no que indicas e nos sites que mostraste, no entanto pelo facto de te safares nas duas áreas (design e programação) e pela qualidade dos trabalhos indicados julgo que uma remuneração justa (para começar a trabalhar numa empresa), sejam entre os 1100 e 1400 Euros (já com os impostos retirados). Há quem valorize o ensino superior, e apesar de ter a sua importância, não torna ninguém um melhor profissional nesta área.
     
  6. ninja_corp

    ninja_corp Power Member

    Tens algo que eu gosto se fosse patrão: polivalência!

    Contudo, cada vez mais o trabalho se especializa. Ja a profissão de webdesigner esta para acabar... um designer e um webdevloper ou algo do genero! um que desenhe e outroque monte, pois as tecnologias estão a avançar com força... e talvez, talvez, para seres muito bom numa coisa ou duas... terás de largar outras!

    vi os teus trabalhos... mas isso n é tudo! um patrão quer saber de comportamento, assiduidade, disponibilidade etc etc... e isso influencia o teu ordenado.

    Se eu fosse teu patrão... contratava-te para webdesigner/webdeveloper e pagava-te 1500€ limpos! é certo!

    A realidade é outra... esperoq ue me engane e que tenahs muito sucesso, mas para começar, vão-te dar entre 600 e 750€!

    Uma opinião!
     
  7. m00s

    m00s Power Member

    nao quero ser pessimista mas para inicio nunca seriam os 1100 a 1400...ainda por cima limpos!

    pelo teu trabalho demonstrado sem dúvida que mereces o normal de inicoo de carreira para um licenciado, ou seja os 2 salarios mínimos de base.

    força nisso e garanto-te que se conseguires uma boa agenda entao tens futuro como freelancer.
     
  8. davidprod

    davidprod Power Member

    Obrigado a todos pelos comentários e pelas opiniões, sem dúvida que isto me vai ajudar.

    Eu não me devo ter explicado bem, eu estou a trabalhar, não sou freelancer, trabalho numa empresa, mas como a minha remuneração não é justa, queria ter uma ideia do que valem os meus conhecimentos.
    Estou a trabalhar desde julho nessa mesma empresa.

    O meu muito obrigado.
     
  9. michael c

    michael c Power Member

    Os teus conhecimentos valem aquilo que conseguires que te paguem por eles. Infelizmente isto é mesmo assim. Não te vou precisar um valor, até porque depende muito da zona onde estejas a trabalhar, mas posso dizer-te, por exemplo, que o facto de não teres licenciatura vai-te condicionar imenso na questão da remuneração. Vais ter de ser muito melhor que o outro que tem licenciatura para ganhares o mesmo que ele. Não é à toa que vivemos no país dos srs. engenheiros...

    Em relação ao teu trabalho vejo muito potencial e polivalência, o que nos dias de hoje é uma mais valia, pelo menos em Portugal. O meu conselho é que tentes tirar uma licenciatura na área, não vais aprender grande coisa, vais ficar apenas com uma noção diferente e com outra bagagem cultural, mas a licenciatura vai-te permitir atingir outros patamares de remuneração.

    Cumps e continua o bom trabalho
     
  10. mascker

    mascker Power Member

    Boas,

    Isto da polivalência não me impressiona.


    O que de futuro se vai precisar é que sejam desenvolvidas aplicações complexas mas de uma forma rápida e eficaz, e isso não se consegue com polivalência.

    Eu apenas programo em PHP (mais algum JS) e enquanto não for especialista (Espero tirar a ZCE este ano) nesta linguagem não me vou meter em python, pearl, ruby ou mesmo uma das linguagens desktop, java, C++, etc, etc.

    É claro que já dei uma vistas de olhos e desenvolvi uns pequenos scripts, mas apenas para uso pessoal.

    Já estou com algumas reservas em relação ao desenvolvimento em outros linguagens, quanto mais em outras áreas. Como por exemplo o WebDesign. Isso não é para mim e sinceramente nem acho que tenha que saber.

    Em relação ao primeiro post, o mercado não te vai pagar mais que 750€/mês, mesmo que mereças mais.

    É verdade que as empresas pagam mais aos licenciados que aos auto-didactas mas isso tem uma razão de ser, penso eu, e prende-se com o facto de na Universidade não teres apenas disciplinas de programação, mas outras de nível cultural (como disse o GateKeeper ) e que numa empresa podem ter muita importância.

    Eu tenho um CET em Aplicações Informáticas de Gestão, e por mais surpreendente que possa ser a disciplina que mais me influenciou foi a de sociologia.

    Se és melhor que um licenciado vais acabar por ganhar mais que ele, a empresa pode é levar mais tempo a perceber as diferenças entre os dois.

    Saudações
     
  11. CyberOps

    CyberOps I'm cool cuz I Fold

    com conhecimentos de bases de dados e sql, como freelancer safavas-te que era uma maravilha
     
  12. fil79

    fil79 Power Member



    desculpem o offtopico mas diz-me onde se pode tirar este certificado e qual o preço
     
  13. michael c

    michael c Power Member

    Plenamente de acordo. Se trabalhares para uma boa empresa, o trabalho vai ser realmente dividido por uma equipa de trabalho e "apenas" tens de ser bom numa determinada função pois é isso que é esperado de ti: que sejas um especialista na função que desempenhas.

    Agora se trabalhares para uma PME, aí a história é completamente diferente acredita. Um especialista não serve para uma PME na medida em que o tipo de projectos que uma PME enfrenta nesta área são distintos dos projectos que são desenvolvidos por uma empresa de maior dimensão. Como o mercado português é constituído na sua grande maioria por PMEs, podes prever a importância que tem teres conhecimentos polivalentes. E depois nesta situação há outra questão, é que a pessoa em causa está a começar e quando se começa não se é especialista em nada e a polivalência pode ser uma grande mais valia. Há sempre tempo de mais tarde se fazer uma especialização com a vantagem de já se ter experimentado várias áreas diferentes e por isso se saber aquilo que realmente se gosta e quer.


    Podemos andar muito às voltas com isto mas a verdade é que um licenciado tem outra visão do mundo e do mercado. Não quero com isto colocar para 2º plano as pessoas que não são licenciadas, mas a verdade é esta. Como disse a mais valia de uma licenciatura é dar outra bagagem cultural que de outra forma dificilmente se consegue obter. Uma licenciatura abre horizontes e ensina a ter outra visão quando enfrentas determinados problemas. É, sem dúvida, uma mais valia na maioria das situações e será cada vez mais um requesito minimo para uma oportunidade num mercado que tende a ficar cada vez mais competitivo ao nivel de ofertas de emprego.

    Cumps
     
  14. davidprod

    davidprod Power Member

    Concordo plenamente contigo. Até porque como freelancer a minha remuneração seria muito superior, talvez o dobro ou mesmo o triplo pois não seriam apenas 8 horas por dia de trabalho.
    A questão é, teria projectos suficientes? Sou da região centro e mesmo indo para lisboa onde o mercado é maior, não seria fácil adequirir uma certa quantidade de clientes. Mas é uma questão a pensar.

    Na minha opinião o mercado está a evoluir, mas hoje em dia quer-se produção e esquece-se a qualidade. Por vezes encontro situações onde um cliente quer um "super site" dinamico, em flash, com galerias, guestbook, notícias etc. e depois quando se fala em 1000 a 1200 euros já com alojamento diz que é muito caro e que não quer a esse preço. Pois é, um mês de trabalho!

    Não está fácil o mercado, mas estamos cá para melhorar a situação. Eu confeço que a minha experiência é muito pouca, 7 meses de trabalho, 9 projectos elaborados e mais umas contribuições para outros ja me dão alguns conhecimentos mas deparo-me (e vocês tambem) que quanto mais sabemos, mais "burros" somos, e aqui refiro-me a evolução das technologias, se queremos ser bons só podemos evoluir por um caminho, não podemos querer saber tudo como tem sido o meu caso.

    A questão da licenciatura, concordo que um licenciado receba mais inicialmete que um autodidata, afinal andou a estudar anos, tem mais conhecimentos. Mas... será que o mercado hoje em dia está virado para o que estudou ou o que demonstra saber. Eu antes de optar por licenciatura ou pela opção que tomei passei uns meses a fazer um estudo, visitei foruns, sites de emprego, jornais e entrei em contacto com algumas empresas, o objectivo era ter uma ideia do que seria melhor para mim, estudar mais 3 ou 4 anos e ser licenciado ou ir para uma escola privada onde pode-se adquirir conhecimentos específicos em pouco tempo e no restante tempo (comparando com licenciatura) entra-se no mercado de trabalho e ganha-se experiência.
    A conclusão que retirei depois desse estudo foi que um licenciado tem uma remuneração muito maior no início, mas nesta área o portfólio é relevante e por vezes as empresas colocam a questão, licenciatura ou portfólio equivalente.

    Fazendo as contas:

    Curso profissional - em 4 anos consigo ter um portfolio razoável e alguma experiência o que me poderá levar nesse tempo a uma boa remuneração;

    Licenciatura - em 4 anos acabo os estudos e fico com elevados conhecimentos, mas sem experiência.


    A minha escolha foi a escola privada onde optei por tirar os dois cursos e ir evoluindo ao longo do tempo, mas não quer dizer que tenha sido a melhor opção, apenas tinha de optar. :D
     
  15. kOld PT

    kOld PT Power Member

    Não tenho nada contra templates comprados.. Mas tira-te o mérito da parte de design.. por acaso também gostei bastante desse :)
     
  16. davidprod

    davidprod Power Member

    Tens razão :D
    eu sou contra o uso de templates pk os templates são muito pesados e não é criada a imagem da empresa.

    Mas neste caso tive de ceder pois o cliente é que manda :( infelizemente
     
  17. mascker

    mascker Power Member

    Boas,


    O ensino devia funcionar assim.

    Primeiro ano na Universidade. Igual para todos os cursos. Inglês, Francês, Alemão e Espanhol. Disciplinas culturais, forte componente sociológico. Ética, responsabilidade social. Novas tecnologias.

    Depois no segundo e terceiro ano específico curso.

    E no final 8 a 12 meses de estágio profissional.

    Chutem.

    Saudações.
     
  18. CyberOps

    CyberOps I'm cool cuz I Fold

    não é bem assim, na licenciatura tb ficas com experiencia, não ficas é com aquele calo de lidar com clientes ou com os teus superiores, falando da minha experiencia claro.

    num curso de engenharia fazes o trabalho q te é imposto num enunciado e ta feito. os professores nao se vao lembrar e pedir para alterar isto ou aquilo só porque querem ou pq lhes apetece, enquanto que no mercado de trabalho n é assim.
     
  19. davidprod

    davidprod Power Member


    Sim concordo contigo, não se pode desvalorizar uma licenciatura.
     
  20. slack_guy

    slack_guy Power Member

    É um nadinha mais complexo que isso.
    A qualidade de um projecto não é relegada. O que acontece é que a Web é aquilo que todos fazemos dela. E cada vez há mais gente a trabalhar para/na Web. Qualquer solução (visual ou tecnológica) que se encontre é sempre a melhor solução (e a possível) nesse momento. Amanhã está caduca: há técnicas mais desenvolvidas e há novas soluções visuais para comunicar com mais eficácia (porque a Net é um meio de comunicação entre pessoas, e é sempre disso que se trata).

    Dito isto, qualquer solução que se adopte é sempre provisória - tem os dias contados. É natural que o cliente não queira gastar o couro e o cabelo numa solução efémera, uma vez que, dentro de pouco tempo, terá de fazer novo investimento.

    Cabe-nos o papel de não sermos vendedores de banha-da-cobra e explicar ao cliente que aquilo que fazemos, fazemos da melhor forma e com os melhores meios existentes actualmente; mas que amanhã vai ser preciso reinvintar novas soluções, porque, além de existirem melhores técnicas também se colocam novos problemas que hoje não existem.
     

Partilhar esta Página