1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Scribus feedback

Discussão em 'Dúvidas e Suporte Técnico - GNU/Linux & *nix' iniciada por crossroads, 22 de Outubro de 2007. (Respostas: 9; Visualizações: 1000)

  1. crossroads

    crossroads Power Member

    Boas!

    A minha namorada andou a testar o Scribus durante umas horas mas já me disse que não gosta, que é muito básico e que não dá para fazer muita coisa. Ela já tem trabalhado bastante no Indesign mas eu gostava de manter as coisas em Open source lá em casa. É que o Indesign é caríssimo e ela precisa mesmo de um programa de edição. Haverá outro programa em Open Source alternativo ao Indesign sem ser o Scribus?

    Será que alguém me poderia dar um feedback do Scribus? O programa é mesmo assim tão básico? Ou dá para melhorar, ie, haverá opções mais avançadas mas escondidas para um iniciante?

    Agradeço qualquer comentário!
     
  2. slack_guy

    slack_guy Power Member

    A verdade é que não existe (isto é, eu não conheço e já procurei bastante) nenhuma aplicação Livre (para Linux ou não) para paginação profissional. No meu enteder, e pelo que vi outros fazerem, o Scribus não é adequado para paginação de documentos volumosos e as possibilidades de manuseamento de objectos são (para ser bem educado) limitadas :-)

    Para desktop publishing básico, até o OpenOffice serve :-)
     
  3. lolikapuxa

    lolikapuxa Power Member

  4. ruimoura

    ruimoura Power Member

    No fundo, quase nenhum programa para Linux aguenta com grandes quantidades de dados. Veja-se o inkscape. Com um vector de alguns 40 ou 50 megas borra-se todo até explodir ... O scribus é bom, muito bom mesmo, mas lá está ... tem os seus limites. Latex, como foi sugerido, requer um grau de aprendizagem bastante alto, que leva o seu tempo, e não é muito amigável para quem está habituado a programas mais ... visuais ...
     
  5. LinuxWarrior

    LinuxWarrior Power Member

    Eu já usei o scribus para fazer um cartaz... Nao tenho conhecimento de outros programas...
    A designer ca da empresa gostou... e eu também.
    Quanto a ser basico, não sei mas para a Revista MARIA, sim a tal... :D ser feita com o scribus é porque nao será assim tão basico... (Não me refiro ao conteudo da revista)
    Sei tambem que a revista-linux.com também é feita com este software...

    portanto o que pode estar a acontecer é que nao seja basico, apenas é diferente, e como tal ela nao sabe onde esta a opção X ou Y, ou mesmo como esta se chama...

    Ha que atentar na documentação... que pelo que vi ate esta boa!!!
     
  6. rikhard.fsoss

    rikhard.fsoss Banido

    essa do quase nenhum bastante relativa certo?!!!

    quanto ao inkscape, se é vectorial se calhar até é um exagero ter um ficheiro desse tamanho, em que condições é que tens um file svg desse tamanho?

    http://www.nearinfinity.com/blogs/page/cwizeman?entry=inkscape_versus_illustrator_the_svg

    relativamente ao scribus:
    http://www.angulosolido.pt/servicos_ag.html

    http://www.angulosolido.pt/clientes.html

    "Presspeople
    Edição de Publicações

    A Presspeople é uma editora de revistas situada na zona de Cascais. Aqui se fazem revistas como a Click In, Mariana, Culinária Vegetariana, Receitas de Sucesso, Cozinha prática de Sucesso, Cozinha Semanal... Toda a redacção é feita sobre Login Desktop e conta com vários servidores para armazenamento e partilha de informação, backups e comunicações."

    esta empresa através da angulo solido patrocinaram o desenvolvimento de especificações creio que do scribus que eles pretendiam ter nele.

    cumps,
     
  7. rikhard.fsoss

    rikhard.fsoss Banido

    encontrei o link.....

    http://dot.kde.org/1166101297/

    [FONT=arial,helvetica]Scribus Team in the Spotlight[/FONT] [​IMG] Posted by Alexandre Prokoudine on Thursday 14/Dec/2006, @05:01
    from the dee-tee-pee dept.
    Scribus is known as the most mature open source WYSIWYG page layout application. This interview with members of the Scribus core team focuses on upcoming releases 1.3.4 and 1.3.5, standards in pre-press, success stories and many other important issues. This article was originally published in Russian for linuxgraphics.ru.
    Let's face the fact - people are pretty tired of the mythical "Year of Linux on the desktop". Many can barely believe that open source software can be used by artists for real work. At the same time whole publishing houses have switched to GNU/Linux. More specifically, Nonluoghi Libere Edizioni has been using open source applications from the very beginning, but PressPeople is a completely different story.
    This Portuguese publishing company delivers several monthly and weekly magazines in different formats. Those magazines are devoted to subjects like cooking, teenage life and society, for example. Each issue has a circulation of 20,000 copies or more. PressPeople already use GNU/Linux for all their desktop work except desktop publishing. Thus, twenty plus workstations are used for a variety of tasks like writing, image selection and other editing. They migrated to GNU/Linux with system integrator Angulo Sólido , for stability and cost efficiency reasons.
     
  8. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Experimenta um .ai (illustrator) de um pacote de vectores gigante (centenas de desenhos todos agrupados dentro do mesmo ficheiro), depois passa isso para .svg (o inkscape não lê .ai) e depois abre no inkscape. Ou tens um pc mesmo potente ou vai ser uma coisa engraçada de se ver. Mas atenção que ninguém defende o inkscape mais do que eu, e uso bstante, e por isso estou bem ciente das suas limitações.

    Quanto ao scribus é mesmo treinar, usar bastante, e aquilo dá para puxar bem por ele.
     
  9. rikhard.fsoss

    rikhard.fsoss Banido

    lê o artigo do link que enviei acho que o problema desse tamanho de file é do illustrator.

    Inkscape versus Illustrator: The SVG file size throwdown I tried a simple test today. I created identical graphics in Inkscape and Illustrator. Both had the same canvas size, same colors, shapes and text. Here's what the simple graphic looked like:
    [​IMG] I saved the graphic in both programs as an SVG file. Inkscape created an SVG file that was 3K; Illustrator’s was a ridiculous 473K. I wanted to know what caused the dramatic difference.
    A co-worker suggested I open the SVG files in notepad and take a look. The Illustrator file contains many lines of garbage code, whereas the Inkscape file is simple and streamlined. To quantify it, I pasted the full text file into Word and counted the lines. The Illustrator file totaled 12,512 lines while the Inkscape file was only 89.
     
  10. ruimoura

    ruimoura Power Member

    Pois, já tinha lido. Mas para ter os meus .ai no inkscape não tenho outra hipótese senão convertê-los no illustrator
     

Partilhar esta Página