1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Será o fim dos coolers ??

Discussão em 'Novidades Hardware PC' iniciada por jffluis, 24 de Fevereiro de 2007. (Respostas: 31; Visualizações: 2773)

  1. jffluis

    jffluis Power Member

    A firma de pesquisas e desenvolvimento Novel Concepts Inc., que produz soluções de gerenciamento de calor para a indústria de eletrônicos e semicondutores, anunciou sua nova tecnologia IsoSkin, que pode marcar o fim do uso de dissipadores de calor tradicionais como os pequenos ventiladores conhecidos como coolers, usados amplamente em notebooks e PCs.

    A tecnologia IsoSkin baseia-se em um material disposto em camadas extremamente finas, de 500 mícrons, que poderia ser utilizado para envolver dispositivos que geram calor. Seu poder de dissipação é cerca de 20 vezes mais eficiente que o do cobre, material empregado nos atuais dissipadores usados em conjunto com coolers.

    "A velocidade do mais rápido computador pessoal vendido hoje é limitada pela temperatura do processador. Através da IsoSkin seria possível amenizar o problema e aumentar a velocidade das próximas máquinas.

    A tecnologia IsoSkin é composta de duas camadas muito finas com um espaço de pequenos furos entre elas. Através destes furos é conduzido um líquido, normalmente água, capaz de transferir o calor. Este método de dissipação é conhecido como capilaridade planar, uma referência à estrutura e aos efeitos hidrodinâmicos dos vasos capilares.

    "Pense assim: quando você tem uma chaleira d'água fervendo no fogão em um dia frio, o vapor começará a se condensar na janela mais próxima. A maneira que a IsoSkin trabalha é: sob vácuo, situação em que, quando o vapor se desprende, ele se move em velocidade quase sônica, já que não existe nada a interferir no caminho", explica Thomas, que afirma que é como se o vapor se condensasse na janela fria instantaneamente.


    O baixo custo da IsoSkin, que já está sendo testada por várias companhias de processadores e eletrônicos, permitiria que cada centímetro quadrado do dissipador fosse fabricado por poucos centavos.
     
  2. JoaoRamalho

    JoaoRamalho Power Member

    entao porque nao utilizam o mercurio em vez da agua?? nao tem melhor condutividade termica??
     
  3. grandenaboverde

    grandenaboverde O Senhor dos Bolinhos

    tirando o pormenor do mercúrio ser cancerígena.

    btw, essa notícia não tem fonte!
     
  4. viskonde

    viskonde I quit My Job for Folding

    parece me bom demais..ainda por cima barato?
    e entao como ficariam as empresas de coolers?
     
  5. SideWalker

    SideWalker Colaborador
    Staff Member

    O mercurio não é cancerigeno, é tóxico. E também é muito mais denso e muito mais caro do que a agua.
     
  6. grandenaboverde

    grandenaboverde O Senhor dos Bolinhos

  7. John'Z

    John'Z Power Member

    Mercurio nunca! É um metal pesado prejudicial à saude!

    Vamos lá ver se este novo conceito pega, a mim pareceu-me bom :)
     
  8. Cyborg.3D

    Cyborg.3D Power Member

  9. luikki

    luikki Power Member

    se essa "empresa" estiver cotada em bolsa vão aparecer uns patetas a comprar acções.....:joker:
     
  10. JoaoRamalho

    JoaoRamalho Power Member

    se aquilo vai tar isolado e em vacuo dentro desse tal material, nao vejo problema
     
  11. John'Z

    John'Z Power Member

    Tens razão, mas mesmo assim poderá haver qualquer problema...
     
  12. WindWalker

    WindWalker Power Member

    :lol:

    Isso não é verdade...Pelo menos comparando um stock cooler com um bom cooler a ar.

    Os CPUs fazem mais ou menos o mesmo (considerando que o stock cooler não é assim tããão mau) tanto com o stock cooler como com um bom cooler a ar, apenas as temperaturas em idle e full serão diferentes.
     
  13. Se o funcionamento disso depende da evaporação, como a "explicação" no fim do post parece implicar, então o factor determinante não é a condutividade térmica, mas sim a entalpia de vaporização, que é a quantidade de energia necessária para passar uma dada quantidade de líquido para a fase gasosa.
     
  14. WindWalker

    WindWalker Power Member

    Numa situação de vácuo, essa entalpia é mínima e, à temperatura ambiente, já terás com certeza uma fracção do líquido vaporizada (o que significa que é muito fácil vaporizar o líquido, devido à baixa pressão, daí o uso de vácuo).

    E não é uma dada quantidade. As entalpias determinadas referem-se sempre a uma mole da espécie química em questão.
     
    Última edição: 24 de Fevereiro de 2007
  15. PoolMania

    PoolMania Banido

    O mercúrio é muito tóxico e se entra em contacto com a pele é perigoso. Acabou de ser descontinuidado de todos os dispositivos de medição de temperaturas tanto do tempo como das corporais.
    Portanto não estou nada a ver como irá ser autorizado a utilização do mercúrio para estes fins?
    Isso é tudo duvidoso.
     
  16. ciberg

    ciberg Moderador
    Staff Member

    Quem falou em mercúrio foi um user, a notícia fala em àgua...
     
  17. Goncalo Silva

    Goncalo Silva Power Member

    Mas isto são excelentes notícias. Agora é preciso chegar a fase em que temos dados em concreto.
     
  18. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    E o consumo de energia? Eles dizem que com este super-cooler os cpus podem subir quase sem limites o TDP, depois passavamos a ter um PC a chupar 20000 watts por hora?:004: :004: :004:
     
  19. Zar0n

    Zar0n Power Member

    Será o fim dos coolers ??

    Hum... k é k um heat spreader com uma maior condutividade tem a ver com o fim dos cooler?

    Nada

    Alem de k antes ainda vão passar para HS de cobre/ligas só dps se necessário uma solução mais eficiente.
    De ***** maneira tem k haver sempre um cooler já k é necessária e uma maior área e deslocamento de ar para fazer a permutação de calor.

    N é inútil se tiver a condutividade indicada mas n vai acabar com nada no caso dos GPU/CPU actuais.
     

Partilhar esta Página