1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Sites dinâmicos - Por onde começar?

Discussão em 'Web Development' iniciada por The88otaku, 28 de Fevereiro de 2008. (Respostas: 27; Visualizações: 1900)

  1. Boas!

    Para vos situar na questão:

    Tenho estado a desenvolver dois sites pra duas juntas de fregueisa, coisa simples que inicialmente não requeriam páginas dinâmicas. Eram páginas que não precisavam de updates constantes, mas ao longo do processo criativo novas ideias foram surgindo.

    Actualmente será necessário criar uma forma de introduzir notícias que ficarão parcialmente visíveis na página inicial e que poderemos ver na totalidade noutra página, uma(s) página(s) com todas as noticias, numa estrutura semelhante ao que se encontra em tantos outros sites institucionais, e ainda uma galeria.

    Ora, tenho andado há algum tempo a pesquisar os comos e os porquês das bases de dados, servidores, tenho visto alojamentos pra saber que bases de dados são suportadas etc, mas neste momento estou pelos cabelos, pois aquilo que vejo num site, noutro site dizem outra coisa e eu já não sei o que fazer. Falei com colegas e amigos que me aconselharam a instalar o apache e mysql no meu pc. Era um começo, e assim fiz. Mas um problema surgiu: não sei PHP.

    Não sei se me deixei levar pelos conselhos dos meus colegas, com o mesmo percurso academico que eu, mas na verdade achei que se eles me diziam apache->mysql->php então era um caminho viável, relativamente simples, e sem dúvida o caminho a seguir. Mas tendo em conta o meu background inexistente a nível de bases de dados, estava redondamente enganado.

    Procurei alternativas. Li a documentação do Joomla! (visto que vai ser necessário um CMS pra gerir o conteudo) e embora o site esteja em CSS não ha forma de combinar ambos devido ao posicionamento dos div necessario pelo Jommla! ser diferente do meu já terminado layout do site; o Wordpress...nem comento! Vi um super tutorial de Dreamweaver em que o servidor era ColdFusion e a base de dados era criada em Access, e tudo parecia simples.

    Ora, a minha questão é, se há formas mais simples de fazer as coisas, com interfaces gráficos em vez da programação, qual o motivo pra não serem utilizadas? Estou num impasse porque a nível tecnológico as pessoas têm um bocado o efeito ovelha: pra onde vai uma vão todas! Sem querer ofender claro! :-D Há tanta forma de fazer as coisas que não sei qual a diferença entre um servidor apache e outro coldfusion, não sei se deva criar uma base de dados em access ou com um editor mysql, raios nem sei se tou a dizer as coisas bem! :smilliex:

    Visto que isto tem sido uma dor de cabeça sem acompanhamento médico :-D queria que alguém me pudesse orientar de forma a encontrar o meu rumo no meio desta baralhação toda.

    Agradecia que me dessem informações, que sei que para muitos de vós é básica e fácil de explicar, tais como que servidores, que bases de dados, se pode haver problemas com os alojamentos, se é complicado fazer o queu disse que era necessário fazer para o dito site (secção de notícias e galeria), ou estruturando:

    -Servidores;
    -Bases de Dados;
    -Como desenvolver (programas? linguagem? etc);
    -Integração com Dreamweaver;
    -Prós e contras.

    Enfim, se me puderem traçar uma linha orientadora pra saber o que é preciso, ficaria muito grato!:)

    E aqui fica desde já um grande "obrigado"!
     
  2. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Boa questão!
    E a resposta é: tens a solução amadora (pegas em CMS existentes, adaptas e pimba) e a solução profissional (puxas pela cabeça, utilizas ferramentas apropriadas para criar uma solução completa e pimba). Na 1ª nem chegas a suar; na 2ª vais ter de marrar a sério. O retorno (financeiro) de uma e de outra são, obviamente, diferentes.

    O mais importante é tu saberes o que queres fazer nos próximos tempos. Se queres de facto enveredar pelo desenvolvimento web (programação web, portanto) tens de aprender a programar e tens de aprender algumas coisas sobre servidores web; se te entendes melhor com a vertente criativa (design) terás de aprender, pelo menos HTML e CSS. Ou seja, independentemente da via que sigas, tens sempre de aprender.

    Simples e grosso: para dares o salto de amador para profissional, tens de deixar os joomlas, dreamweavers e companhia, ou não passas da cepa torta.

    Está nas tuas mãos: o que é que queres fazer nos próximos 10 anos?
     
  3. cyber_monk

    cyber_monk Power Member


    Subscrevo!!
     
  4. Obrigada pela resposta franca slack_guy! :)

    Bem o que me disseste não é algo que não saiba já. Eu sei que Joomla! e etc não são por assim dizer uma solução "pro", e eu sempre quis enveredar pelo mais "pro" possível. O que se impõe no meu óbvio pânico é o tempo que disponho para desenvolver a base de dados para o site em questão.

    Formei-me como designer multimedia e uma das falhas com que nos debatiamos constantemente era a falta de linguagens de programação avançadas no curso, ao qual os docentes nos respondiam "vocês são designers, não engenheiros informáticos". Acabamos por ter de engolir esses argumentos enquanto viamos designers em foruns que aprendiam de forma auto-didácta php, html, etc, e até fazem aquilo parecer acessível a qualquer designer, daí eu nunca ter perdido a esperança de que era possível começar fazer uma base de dados sem um conhecimento extenso ou prévio.

    Eu sei de html até certo ponto, sei ler o codigo e ver o que cada linha irá fazer no browser, e também tenho algum conhecimento de CSS mas porque tive de me debater sozinho, tal como os meus conhecimentos em Photoshop, Flash, Maya etc. O estado da educação não passa apenas pelas propinas, passa igualmente por universidades que abrem cursos mas não os sabem leccionar...e isto foi um desabafo off-topic!:D

    Enfim, fora este à parte, quando pus a questão táva era preocupado em saber qual a melhor forma de eu fazer o queu prentendo fazer. Tive a oportunidade de ver um extenso video tutorial em que era usado o Access e o Coldfusion para criar páginas dinâmicas para um site desenvolvido em Dreamweaver. Depois de ter visto o dito tutorial levantou-se a questão: será fiável? Será que por não usar php e mysql vou tár a fazer tudo errado? Será que vou conseguir utilizar os dados que criar em qualquer servidor? E se não conseguir, não terá sido tempo perdido?

    Enfim...acho que o que me preocupa neste momento é mais a questão do conseguir concretizar o trabalho começando por baixo, por assim dizer, e pouco a pouco, consoante me for consciencializando do que consigo e não consigo fazer com cada ferramenta, evoluir naturalmente para novas ferramentas (tal como aconteceu quando tava familiarizado, e descontente, com o Freehand e passei pra Illustrator por exemplo), e talvez um dia andar prai com t-shirts com piadas escritas em php! :-D

    Se me pudessem dizer o que preciso pra começar por baixo, como disse, agradecia.
     
  5. michael c

    michael c Power Member

    Boas

    Vou tentar ajudar embora confesse que possa estar a dizer asneiras porque não sou web-developer. Tenho um background muito semelhante com o teu e revejo-me de certa forma naquilo que dizes quando falas do ensino e de universidades que adoptam cursos sem ter condições de os dar. Embora no meu caso, tenha tido formação a nivel de base de dados, desde normalização a implementação e até ao próprio SQL. Tive também oportunidade de aprender HTML e ASP, tópicos que pelo que percebi não chegaste a abordar no teu curso.

    Enfim, voltando ao tópico, de facto e como já foi dito tudo depende daquilo que queres estar a fazer daqui a uns anos. Para o que tu pretendes neste momento qualquer solução tecnológica te serve. Seja PHP, ASP, JSP ou Coldfusion. Pelo que sei, e reforço que haverá gente aqui no fórum que saberá certamente bem mais que eu sobre este assunto, todas elas têm desvantagens e vantagens quando confrontadas. Tal como BD Access e MySQL. Vou tentar explicar.

    Terás de optar por um mix. E aqui tens várias opções:

    O Coldfusion é bom porque é mais simples face ao ASP e PHP. Para ti, que a semelhança de mim, é mais designer que programador pode ser uma excelente ferramenta de partida. Em combinação com o Access, que por si também é mais simples que MySQL, é realmente o ideal para alguem que não tem grandes bases de programação. Existem testemunhos de webdevelopers pela net que afirmam ter trocado ASP e PHP por coldfusion pela sua simplicidade que lhes poupa tempo no desenvolvimento, gerando mais lucros. Contudo, nem tudo são rosas. Se a intenção é daqui a uns anos estares a desenvolver projectos muito complexos o Coldfusion não será a melhor opção. Tem também a desvantagem de ter de se pagar para utilizar, e não é tão barato quanto isso. Outra desvantagem é ao nível dos servidores de alojamento, poucos são so que suportam esta linguagem e os que suportam têm um custo elevado comparativamente ao ASP ou PHP.

    O PHP será eventualmente a linguagem mais dificil de aprender pela sua sintaxe. Contudo é também a que tem mais suporte a nível de servidores, praticamente todos eles suportam PHP. Apresenta como vantagens o facto de ser open source e de estar em constante desenvolvimento por uma comunidade mundial. Será também a linguagem para a qual vais encontrar mais ajuda online se tiveres dúvidas em alguma coisa. Tutoriais abundam pela net fora e em fóruns existe sempre resposta para todos os problemas que te possam surgir com esta linguagem. Em Portugal é sem dúvida nenhuma a mais utilizada por empresas de webdesign/webdevelopment, factor que também deves ter em conta se pretenderes arranjar emprego por conta de outrém nesta área mais tarde. É uma linguagem poderosa em que tens solução para tudo e em que nunca te vais sentir limitado por ela.

    Apesar de ser a mais dificil de aprender era a que eu aprenderia (algo que tenciono fazer muito em breve) pelo facto de ser open source e pelo suporte que tem tanto a nível de servidores como a nivel de esclarecimento de dúvidas e tutoriais. E também pela saída que tem em termos de mercado de trabalho.

    O ASP que passou a ser ASP.NET é também muito poderoso e é o standard da Microsoft. É propriedade da Microsoft pelo que o seu uso não é free. Precisa de ter um servidor de alojamento que tenha SO Windows que por norma é mais caro. Não é uma linguagem fácil, tem semelhanças com C# e VB em termos de sintaxe. Não é facil de aprender para alguem que não tem bases de programação.

    Existe ainda o JSP (Java Server Pages) que pelo que tenho conhecimento é também muito bom mas cujos esclarecimentos deixo para alguém que esteja mais por dentro do assunto.

    Quanto a bases de dados tens várias opções, as principais são: Access, MySQL, MSSQL.

    Todas são viáveis dependendo da dimensão do projecto. Access é Microsoft e portanto não é free e é adequado para pequenos projectos. Se vais ter uma coisa de média ou grande dimensão já não é o mais aconselhado porque vais ter problemas e erros constantes aquando dos acessos à base de dados. Pela sua simplicidade é o mais fácil de usar mas deves apenas fazê-lo se os projectos forem mesmo pequenos. Para o caso que mencionaste das juntas de freguesia é adequado, mas, mais uma vez, o que queres fazer no futuro?

    A solução mais pro da microsoft para estas situações é MSSQL (Microsoft SQL). Não é barato mas é eficiente e nunca vais estar limitado ou ter problemas. Tem a desvantagem de teres de pagar um valor elevado.

    Por último, tens o opensource MySQL. Poderosa, permite fazer tudo e tem arcaboiço para suportar projectos de qualquer dimensão. Tem como vantagem o facto de ser free e de ser a mais utilizada pelas empresas portuguesas nesta área. Pelo que sei funciona de forma excelente com PHP. Praticamente todos os servidores de alojamento suportam base de dados MySQL.

    A meu ver, pelos aspectos que referi e por serem open-source, e numa opinião puramente pessoal baseada apenas na leitura e pesquisa e não no empirismo, a melhor opção será PHP+MySQL. E digo melhor e não mais fácil porque é de facto um caminho dificil.

    Agora, e mais uma vez, tudo depende de onde queres chegar e o que queres fazer. Mas essa decisão e analise ja terás de ser tu a fazer.

    Bom, desculpa o testamento e espero que isto te possa ser útil de alguma forma. De qualquer maneira para os developers que andem por aí, se encontrarem erros ou imprecisões estejam à vontade para corrigir. Apenas tentei ajudar alguém cujas dúvidas compreendo.

    Cumps a todos
     
  6. fil79

    fil79 Power Member


    que raio de comparação é essa?dreamweaver com cms's .desconhecia que o dreamweaver era para amadores.....
     
  7. michael c

    michael c Power Member

    Isso por acaso também foi algo que me deixou intrigado...acho que o Dreamweaver é claramente "a" solução para profissionais. Mas posso estar enganado...

    Cumps
     
  8. fil79

    fil79 Power Member

    apenas um reparo: asp.net não é uma linguagem é sim uma tecnologia que engloba várias linguagens entre as quais C# ou vb.net...


    concordo 100%....já conheci grandes developers que são tudo menos "amadores" e que o usam..


    cumprimentos
     
    Última edição pelo moderador: 1 de Março de 2008
  9. michael c

    michael c Power Member

    Bem, va lá, apenas um, podia ser pior:D Obrigado fil79, sempre a aprender.

    Cumps
     
  10. DanielGomes

    DanielGomes Power Member

    Gatekeeper, não considero o PHP uma linguagem difícil. Aliás, era tão fácil e permissiva, que foi preciso começar a implementar restrições e boas práticas devido à quantidade de problemas de segurança e implementação que surgiam. Qualquer pessoa numa semana aprende o básico. O MySQL requer a aprendizagem de SQL, tal como no uso do SQL SERVER (MSSQL) ou Access, sendo a diferença que cada motor tem implementações diferentes da linguagem. Nenhum é particularmente mais difícil do que o outro.

    O Dreamweaver é claramente a solução para profissionais que não aderiram aos standards XHTML e CSS. Um editor visual (WYSIWYG) não é de todo adequado a este tipo de desenvolvimento. O dreamweaver é um dos principais responsáveis por gatafunhadas em markup e maus vícios (como layouts baseados em tabelas) pois destina-se supostamente a "facilitar" e acelerar a criação de sites. Também usei dreamweaver durante uns tempos, depois custou um bocado a migrar mas neste momento não serve em nada o meu trabalho. Faço tudo com o Eclipse PDT, que até é gratuito.

    Talvez se deva aqui fazer a distinção entre "designers" e "developers", já que um designer tem a tendência a trabalhar com ferramentas visuais, e o programador/developer trabalha essencialmente com código e para isso até o notepad serve. Escreve-se código num editor de texto e testa-se nos vários browsers.
     
  11. slack_guy

    slack_guy Power Member

    programadores amadores ;-)

    Dreaweaver é, na minha opinião, uma ferramenta útil para web designers 'preguiçosos' (conheço muitos). Os bons web designers batem HTML/CSS (conheço poucos). Pior que dreamweaver, só mesmo front-page.
     
  12. K0mA

    K0mA Power Member

    Boas,

    Na minha opinião tudo depende daquilo que tu queres para ti agora e no futuro.
    Queres aprender? ou queres ver-te livre de alguma tarefa web que tens nas mãos neste momento?

    Se queres aprender vai já a este tópico aconselho o Wampserver
    De seguida vai a e tenta aprender PHP
    De seguida aprende como usar MySQL com PHP
    ...
    Se não, tens o mundo dos CMS para explorar

    Respondendo à tua questão directamente:

    Servidores > APACHE
    + Bases de Dados > MYSQL
    + Como desenvolver (programas? linguagem? etc) > PHP
    ----------------------------------------------------------------------------------
    = Wampserver

    Integração com Dreamweaver > Possiblidade de usar o bloco de notas ou semelhante conforme o gosto de cada um
    Prós e contras > Para dominar um CMS é preciso saber programação, logo pensar que se vai fazer o que se quer com um CMS sem saber nada de progrmação só não é mentira se for uma coisa simples, uma questão visual apenas.
    O uso de CMS facilita e torna mais rápido e fácil o lançamento e manutenção de sites.
    Aprendendo programação pode-se depois optar pelo uso consciente de um CMS sabendo se é ou não a opção mais adequada para o tipo de situação.
    Aprender a programar leva mais tempo e custa mais recursos do que montar a barraca com o wordpress e fazer um site/blog da noite para o dia, mas também tem os seus beneficios...

    TUDO DEPENDE DO QUE QUEIRAS PARA O TEU FUTURO E DO PROBLEMA QUE TENHAS PARA RESOLVER.
     
    Última edição: 1 de Março de 2008
  13. michael c

    michael c Power Member

    Óptimo! A ver se trato de aprender então. De certa forma o que eu quis dizer é que era mais dificil de aprender do que Coldfusion ou ASP...isto segundo muitas leituras e pesquisas que já fiz sobre esta temática. Mas atenção, para alguém que nunca viu um algoritmo e que não sabe pensar a programação, não acredito que seja tão fácil assim. Mas tudo bem, vou acreditar na tua palavra uma vez que já deu para perceber que sabes do que falas.


    O Dreamweaver é um standard para criação de páginas internet. Se é bom ou mau, honestamente não sei. Como não gosto de falar do que não sei digo apenas o que observo: a maioria de developers e web-designers e muitas empresas da área usam Dreamweaver para criarem as suas páginas. Pergunto eu, eles andam todos enganados?

    Hmmm...isso de bater código à mão é muito bonito mas...e o tempo que isso demora? Na prática, menos tempo de desenvolvimento significa mais lucro. Se o Dreamweaver é um editor visual que facilita o desenvolvimento de páginas que ficam a funcionar em todos os browsers se bem feitas, porque é que é, segundo a tua opinião, é apenas usado por programadores preguiçosos? Acho que isso não terá a ver com preguiça, terá mais a ver com tempo de desenvolvimento, e como sabes, tempo é dinheiro.


    Atenção que eu estou a fazer estas perguntas não no sentido de vos "espicaçar", mas sim porque tenho curiosidade e dado que vou dar prioridade a uma formação autodidacta no desenvolvimento web em breve, quero fazê-lo como deve ser, usando as melhores ferramentas e as melhores práticas que existem. As vossas respostas e pontos de vista, uma vez que pelo que eu percebi são developers com alguma experiência, são importantes para mim e levanto as questões acima não no sentido de ofender mas sim no sentido de esclarecer.

    Cumps
     
  14. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Como imaginas, a resposta é: 'depende'. :-)
    Depende da prática do programador; depende do programa; depende do teclado; depende do estado de espírito; depende da altura do dia; depende do estado do tempo.... depende de muita coisa.

    Nope. Na prática, desenvolvimento correcto (respeito pelos standards, boas práticas de codificação, trabalho limpinho) significa mais lucro.

    O meu trabalho consiste em desenvolver sites/web apps com base em layouts criados quer por designers quer por web designers. Nestes últimos 12 anos, só por duas vezes aceitei que me enviassem os templates em formato HTML porque, precisamente, foram codificados à 'pata'. Sempre que tentam empurrar-me templates vindos do dreamweaver/frontpage/etc volta tudo para trás. Prefiro que me mandem em PDF/PSD/PNG/etc que depois encarrego-me do resto. O código gerado por esses editores é francamente deplorável. O facto de funcionarem nos browsers não é sinónimo de qualidade.
     
  15. fil79

    fil79 Power Member





    na minha empresa onde trabalham programadores "amadores" com mais de 15 anos de experiência todos usam sem excepção o dreamweaver..é uma óptima ferramenta e muito profissional...se não gostas tudo bem..agora quem a usa ser amador...e ser para preguiçosos?se estivesses informado saberias que existe uma opção para codeview em que podes programar nas principais linguagens e com todas as funções dessas linguagens..pelo menos em php e asp e asp.net(linguagens server usadas na empresa) para não falar de javascript, xhtml, css´s, etc....não opines sobre coisas que pelos vistos não sabes
     
    Última edição: 1 de Março de 2008
  16. Armadillo

    Armadillo Folding Member

    Como o slack disse, o trabalho fica limpinho.
    "Pior" vai ser fazer os primeiros trabalhos (só porque sao os primeiros), porque depois ja começas a ficar com um grande numero de funcoes TUAS, que sabes exactemente o que fazem e como. Depois, basta pegar no codigo ja feito e adapta-lo a um novo projecto.
    Vais acumular experiencia a programar e vais ver que os Joomlas e "coisas" do genero "sao pra crianças".

    Agora imagina, que após uns meses, o teu cliente quer uma coisa qualquer, para o qual "os joomlas" nao têm modulos disponiveis. Depois, vais ter que estar a perceber como se faz um modulo joomla, seguir regras deles e tu ficas depois frustado com o que tens que fazer, para alem do tempo que vais perder.

    Complicado na programação nao é bater codigo, é lê-lo (eu sei por experiencia propria :p)

    Para alem do mais, o teu trabalho fica valorizado e tu tambem.
     
  17. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Programadores com 15+ anos de trabalho a usar o dreamweaver? sorry, hard to believe.

    Porque é que achas que eu não estou informado?

    Felizmente posso opiniar sobre o que bem me apetecer, posso é não ter razão no que digo.
     
  18. Armadillo

    Armadillo Folding Member

    Slack_guy, nem todos usam o vi pra programar... Acho Vi's e afins uma noia.
    Tambem ja usei o Dreamweaver e poupava algum tempo... Mas, ás vezes era preciso ir corrigir o HTML gerado porque ficava uma caca :p
    O dreamwaver tem um bom Intelisense que poupa muitas teclas batidas

    Já agora, o meu IDE para WEB, actualmente é o Aptana(Eclipse modificado), que tambem poupa nas batidas, com o seu intelisense.
     
  19. slack_guy

    slack_guy Power Member

    Não falei no Vi, não é o meu editor preferido nem aquele que uso 56 horas/dia. Uso Vim :-P
     
  20. Armadillo

    Armadillo Folding Member

    Peço desculpa (a memoria falhou um byte - tambem disse "afins" :p).

    Mas mesmo assim, o VIM é muito hardcore para mim. Mesmo o VIM para Windows é algo, que para mim, nao me traz grandes ajudas/vantagens. Para isso, uso o Notepad.
    Por exemplo, quando nao sei o nome de uma função ou nao tenho a certeza como a usar, o Aptana dá-me logo uma lista das funcoes existentes e a sua forma de aplicar. Nao tenho que ir atras do manual ou andar a inventar funcoes que nao existem.

    Se gostas do VIM, ainda bem.
    Para mim, nao dá.
    Tambem porque tenho que trabalhar com a^n linguagens e qualquer ajuda é bem vinda.
     

Partilhar esta Página