1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Guia virtualdub

Discussão em 'Análises, Artigos e Guias - Microsoft' iniciada por miguelcg, 8 de Agosto de 2009. (Respostas: 0; Visualizações: 3114)

  1. 1. Instalação

    Depois de fazer o download do VirtualDub a instalação é fácil. Todos os arquivos do programa vêm num pacote ZIP. Basta criar um diretório e extrair todos os arquivos para ele.

    2. Converta de MPEG1 para AVI

    No VirtualDub, é fácil converter um arquivo MPEG1 compactado (com quadros de 320X240 pixels) para AVI de 24 bits descompactado. Basta abrir o arquivo de vídeo (para isso vá em File -> Open Video File, ou tecle Ctrl+O) e de pois acionar File -> Save as AVI (ou tecle F7).
    O problema com esse tipo de conversão é o resultado do arquivo, por exemplo: Um filminho de 1 min. e 24s em MPEG1 (8,54 MB) transforma-se em um monstro de 616MB em AVI.

    3. Tesoura para cortar o vídeo

    Imagine que você tem um clipe e deseja eliminar dele um pedaço que está no meio do arquivo.
    Com o mouse, deslize o ponteiro na barra de localização (Trackbar),
    a fim de encontrar o ponto inicial da região do corte.
    No ponto de início clique no botão Mark In (ou tecle Home),
    desloque o ponteiro para a posição final do corte e clique no botão Mark Out.
    Para eliminar a área destacada vá em Edit -> Delete Selection e o trecho desaparece. Salve o vídeo e pronto.

    4. Junte num só vários arquivos AVI

    Um recurso de edição é anexação de arquivos (exclusividade de formatos AVI). Para realizar tal operação, proceda da seguinte maneira: Tenha, no mínimo, dois arquivos AVI com as mesmas características físicas (tamanho dos quadros, frame rate e etc.). Abra o primeiro arquivo AVI (File -> Open Video File), posicione o ponteiro da barra de localização onde o novo arquivo deve ser inserido e acione File -> Append AVI Segment e indique o segundo arquivo.

    5. Ajuste a taxa de exibição

    Para mudar a taxa de exibição de imagens em quadros por segundo, acione Video -> Frame Rate, clique na opção Change To e digite o número de quadros na ca unidade de tempo. Não há necessidade de se fazer aproximações, por exemplo: se a taxa desejada é 29,97 digite esse número e não arrendonde-o para 29 ou 30.

    6. Captura de vídeo sem compactação

    Para capturar vídeo, basta fazer a conexão física entre a fonte de vídeo (vídeo-cassete) e o dispositivo de captura, então, basta acionar File -> Captura AVI. O formato padrão de captura é AVI decompactado.
    Acione Video -> Compression e escolha, por exemplo o codec Intel Indeo Video para obter um bom grau de compactação. Na maioria dos casos, aconselha-se o uso dos softwares para captura de vídeo fornecido juntamente com a placa.

    7. Isole no filme a trila de áudio

    Se o filme tem, combinadas, uma trilha de vídeo e outra de áudio e você quiser salvar em separado apenas os itens de som, acione File -> Save WAV.
    Dê um nome para o arquivo e você terá gravado as falas e músicas (se houver) do filme.

    8. Ficha completa do arquivo

    Para saber detalhes sobre o arquivo de vídeo ativo acione File -> File Information. Abre-se uma janela com todas as informações básicas do vídeo (tamanho dos quadros, taxa de exibição, número total de quadros, compressão e etc.) e também dados pertinentes à trilha de áudio (taxa de amostragem, número de canais, nível de compressão eetc.).

    Imagens de vídeo pra BMP

    É possível salvar um trecho do filme numa imagem BMP separadas, quadro a quadro. Para isso, vá em File -> Save Image Sequence. Na janela Image Output Filter, indique primeiro um prefixo para as imagens (qaudro, por exemplo). O VirtualDub vai salvar arquivos com nomes como "quadro1.bmp", "quadro2.bmp" "quadro3.bmp" e etc.
    Na caixa Directory Hold Images indique o diretório onde os arquivos devem ser salvos. Mas cuidado com a criação de muitos arquivos BMP para não correr o risco de entupir o HD.

    10. Salve apenas um quadro

    Na tela principal, o VirtualDub apresenta duas janelas para exibição de vídeo. Na primeira, a janela de entrada (source) aparece o arquivo original. Na seguna (output) aparece o resultado de alguma operção realizada. Você pode capturar apenas o quadro de atual na janela de entrada ou saída. Para isso, acione Video -> Copy Source Frame to Clipboard (ou tecle Ctrl + 1) ou
    Video ->Copy Output Frame to Clipboard. Com a imagem na memória, cole-a em qualquer editor de imagem, salve-a e pronto.

    11. Reduza o tamnho da imagem

    Se você tem um arquivo de vídeo em 352X240 pixels e deseja reduzir essas dimensões pela metade, faça o seguinte: No menu, acione Video -> Filters. Abre-se a janela
    Filters. Nela clique em Add e aparecerá uma lista com os filtros disponíveis. Escolha a opção 2:1 Reduction ou 2:1 Reduction (High Quality). Com essas opções o arquivo será reduzido à quarta parte.
    Se você usa o filtro
    Resize digite os tamanhos desejados (2:1 resulta em 176X210 pixels). Depois dê OK.
    Para visualizar acione [/B]
    File -> Preview. Se tudo estiver certo, salve como AVI.

    Adicione áudio ao seu vídeo

    No VirtualDub você pode adicionar áudio numa sequência de vídeo desde que a fonte seja um arquivo WAV. Para isso, comande: Audio -> WAV Audio. Na Caixa WAV Audio File que pretende usar para sonorizar o filme. Depois salve o AVI e pronto.

    Use filtro para as legendas

    O VirtualDub aceita a inclusão de filtro externos (arquivos que auxiliam em tarefas extras). Um dos mais interessantes é o que acrescenta ao filme legendas.
    Para usar um filtro externo qualquer, você precisa fazer o download e instalá-lo em separado.
    No link que eu disponibilizei, encontra-se o filtro de legendas (Subtitles), para usá-lo crie um diretório chamado "plug-ins" dentro do diretório onde foi instalado VirtualDub e nele extrair o arquivo VDF (com filtro). Dessa forma, o VistualDub carregará automaticamente o filtro em sua inicialização.
    Para agregar legendas a um filme, comande Video -> Filters e depois acione o botão Add.
    Na lista Add Filter, selecione o filtro "Subtitler" e dê OK. Surgirá a janela Subtitler: Configuration. Nela indique o arquivo com as legendas (um arquivo com a extensão SSA). O programa traz um vídeo de exemplo (Gray.avi) um outro de legendas (Demo.ssa) que pode ser usado para testes.

    14. Tamanho da imagem na captura

    Em alguns micros, o VirtualDub captura imagens em 768X576 pixels em outros, em 640X480 pixels. Como corrigir esse problema? Primeiro que não é um problema e sim uma diferença entre capturas no sistema PAL e NTSC.
    O PAL opera com 625 linhas em 50Hz e o NTSC opera com 525 linhas e 59,94 Hz. Além disso o PAL captura 25 quadros por segundo e o NTSC captura 39,97 quadros por segundo.

    15. Capture arquivos com mais de 4GB

    O VirtualDub não permite a captura de arquivos maiores do que 4GB.
    Há duas causas para esse problema. Uma é você usar Windows 95, 98, 98 SE ou Me. A outra é você usar sistema de arquivos FAT32. Uma ou outra determinam esse limite.
    Para capturar um arquivo maior que 4GB é necessário usar Windows 2000 ou XP e sistema de arquivos NTFS. Mas tem como contornar essa situação.
    Acione File -> Capture AVI, marque a opção Capture/Enable Multisegmented Capture e defina os valor dos intervalos (thresholds) para 50MB.

    16. Linha cinzenta na imagem

    Algumas imagens capturadas com VirtualDub apresentam uma linha cinzenta no inferior da tela. Nesse caso o defeito pode decorrer de um problema na cabeça de leitura do aparelho de vídeo-cassete usado como fonte. Você pode ignorá-la e depois recortar manualmente dos quadros em que ela aparece.
    Agora se várias dessas linhas aparecerem, a causa é do entrelaçamento. Isso vai aparecer toda vez que você capturar imagens com altura superior a 240 linhas (no padrão NTSC) ou 288 linhas (no padrão PAL). O entrelaçamento, não constitui um defeito, sendo assim não é possível corrigí-lo.

    17. Driver padrão Vídeo for Windows

    espero ter ajudado links http://superdownloads.uol.com.br/download/139/virtualdub/
    http://baixem.blogspot.com/2008/02/sub2ssa-subtossa-sub-to-ssa.html
     

Partilhar esta Página