5G em Portugal

no-comments

Power Member
Quanto ao procedimento teoricamente a anacom pode fazer basicamente o que entender.

O espetro é um "bem" físico limitado e não pode ser inventado do nada.
A minha dúvida era se uma operadora fica sem 100Mhz se a Anacom poderia atribuir os Mhz que faltam.

Num cenário extremo (e pouco provável) tivéssemos 5-6 operadoras todas queriam 100Mhz se o poderiam ter.
 

joaoo

Power Member
A minha dúvida era se uma operadora fica sem 100Mhz se a Anacom poderia atribuir os Mhz que faltam.

Num cenário extremo (e pouco provável) tivéssemos 5-6 operadoras todas queriam 100Mhz se o poderiam ter.


1) o espectro não estica
2) cada qual licita até onde pode, não tem dinheiro ficam com menos espectro, é a vida!
 
Última edição pelo moderador:

joaoo

Power Member
Mas agora andam a editar posts e ameçar de banir porque digo que não leem os posts ou ligam complicometros?
Gostava de vos ver era aqui a escrever algo tecnico e contribuirem com algo cientifico para a discussão isso é que era.
 

Shook

Power Member
Não dá nada 100 MHz a cada operadora. Se desse o leilão já estava mais que acabado. O problema está mesmo ai. Luta pela largura de banda!
Estás a esquecer que a Dense Air tem 100 MHz, com os quais nunca fez nada nem se sabe o que irá fazer, provavelmente está como mero espectador a fazer especulação para os vender depois ao preço do ouro quando os comprou ao preço da chuva.
Eu falei que há no total 400Mhz cá. Não me referia ao que há disponivel no leilão. É obvio que já se sabe que a Dense Air detem 100mhz e estava a incluir a mesma como operadora logo dá sim 100Mhz para 4 operadoras. Claro que há outras interessadas no leilão e se as atuais não conseguirem espetro todo que desejam é vida, mas provavelmente vão conseguir, nem que tenham de ficar a perder receita, como absoluta porcaria que elas são mas continua lá a defende-las.
 
Topo