1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Licenciatura em Design Gráfico

Discussão em 'Design e Multimédia' iniciada por Filipe09, 14 de Janeiro de 2013. (Respostas: 29; Visualizações: 2228)

  1. Boas pessoal.
    Sei que sou novo, acabei de me registar aqui...portanto se o tópico estiver num mau sitio, peço desculpa.
    Vi que o user's daqui são user's cultos, que sabem o que dizem e com experiência tanto na área como de vida e por isso resolvi inscrever-me finalmente aqui no fórum (já o seguia à uns meses) a modos de poder pedir-vos uma opinião.
    É o seguinte, acabei o secundário em Junho do ano passado e sempre quis continuar com os estudos mas como se diz em inglês precisava de um "gap year". Então desde o fim do secundário que estou a estagiar numa empresa de Audiovisuais. Estando eu a terminar o tempo da promessa que fiz a mim próprio (que voltaria a estudar após algum tempo "parado" nos estudos), irei candidatar-me a um curso superior.
    Tenho curso de Multimédia pelo secundário e quero continuar nesta área...não sou do continente, e Design Gráfico e Multimédia existe nas Caldas da Rainha...e o que eu queria saber a vossa opinião é: acham que vale a pena, nos dias de hoje em que o país está, pedir um empréstimo ao banco (15.000 no mínimo) e tirar a licenciatura? E se sim, o curso indicado é no mínimo razoável e dá garantias de emprego a médio-longo prazo? Ou existe um curso semelhante e que seja melhor?


    Cumprimentos e um desde já obrigado.
     
  2. michael c

    michael c Power Member

    Bem vindo antes de mais. Respondendo de forma objectiva à tua pergunta: NÃO. Vou-te aconselhar o que aconselho a toda a gente: faz o curso em part-time e trabalha na área se possível, ganhando algum dinheiro e adquirindo experiência no processo. É isso que importa. O curso não te vai garantir emprego...portanto se pensares bem na questão, para quê arriscares um investimento que podes nunca reaver e que no limite vais ter de pagar de qualquer forma?

    Um curso é importante, abre a mente, é óptimo, mas hoje em dia nestas áreas é cada vez mais um complemento. Não te endivides por isso, não vai valer a pena. Estas áreas há duas coisas que têm peso: experiência e portfólio. O resto não é importante, acredita.
     
  3. Zion Linguist

    Zion Linguist Power Member

    Existem dois tipos de opinião sobre essa tua questão, a positiva e a realista.

    Vai smp depender da forma como estás a planear pagar o dinheiro de volta ao banco. Certamente que te encontras informado sobre a situação do país, mais nomeadamente como se encontra a situação dos jovens em portugal, mestrados em toda a área possível e existente e mesmo assim o pessoal vê-se completamente á toa, a tentar arrancar empregos a ferro e mesmo assim as coisas estão complicadas.

    Obviamente que se vivêssemos num país onde valesse a pena o investimento e onde existissem montões de opções onde realmente poderias enquadrar-te, te diria para ires em frente, porque mais tarde iria valer a pena.

    No fundo a decisão vai-te caber inteiramente a ti.

    EDIT: Bem vindo á Zwame
     
  4. edusantos

    edusantos Power Member

    Posso desde já dizer-te que o curso de DGM nas Caldas da Rainha está extramamente focado em Design Gráfico. Aliás o primeiro ano é quase todo Gráfico.

    Respondendo à tua questão, nenhum curso te garante emprego, e realisticamente falando eu não iria investir 15000€ (risco) em algo que muito provavelmente não traria retorno.

    E a ideia que eu tenho é que as Universidades preparam um "rebanho de designers" que faz quase tudo o mesmo. Muitos saem da Universidade sem portfolio de jeito, e apenas com o diploma. Que valor é que isto tem? Acho que cada vez mais, quem tenta ser o melhor naquilo que faz, e se aplica a construir o seu próprio percurso, terá mais possibilidades. Não esperem sentados por elas, sejam vocês próprios a ver o potencial que tem e a aproveitarem-se disso para construirem um percurso profissional.

    O que te sugeria era aproveitares o tempo em que estás parado, e começares a construir um portfolio sólido (online) -> projectos pessoais se não tiveres clientes para construires um portfolio interessante, e acima de tudo a te auto-educares. Já pensaste se um CET não seria uma melhor aposta?

    Mas a minha opinião vale o que vale...
     
    Última edição: 15 de Janeiro de 2013
  5. Boas pessoal.
    Então aconselham-me em não ir? Ou há outro curso que deva seguir que seja melhor? Gosto de tudo o que englobe a multimédia, portanto não me é extremamente mau ir para outro ramo. O maior problema disto tudo é realmente o empréstimo, sou dos Açores e cá na universidade não temos cursos da área...

    Cumprimentos
     
  6. mags

    mags Power Member

    a questão não é não ir...mas sim arranjares "uma divida" sem ter garantias que a tua nova formação a consiga "pagar"
    ou seja, ter formação abre-te a mente, novas experiências e a nivel teórico é bastante importante.... a parte dos 15.000 é que já é outro contexto que não deve ter em conta o retorno que vais ter com o curso. podes ganhar os 15.000 mas podes levar prai 5 anos (à sorte) para os pagar (contando com despesas que vais ter mensalmente pois o salário não é so lucro)...e isto pensado que arranjas logo trabalho e com um bom salário.

    na minha opinião fazes bem apostar na tua formação académica, por muito que muita gente diga que não vale de nada, acredita que é algo que te vai fazer preencher algo em ti.
    mais uma vez, a questão aqui é, naquilo que te vais meter com os 15.000
     
  7. mags: obrigada pela opinião!

    Os 15.000 fiz eu os cálculos, não é nada em concreto mas deve rondar por aí. Minha tia também teve que ir para Vila Real tirar o seu curso, não há cá também. O banco fez a estimativa e o empréstimo final deles foi 25.000 tendo em conta que ela pediu um empréstimo para um curso de 5 anos, o que lhe dá 416€ por mês e ainda falta um certo X que lhe cresce da bolsa, julgo ser mais 150/200€. No meu caso, o curso é de 3 anos, acho que é desnecessário contrair uma divida ainda maior podendo eu pedir um empréstimo mais baixo (exemplo: 15.000/36=416€+bolsa). Mas é a tal coisa...fico sempre com o pé atrás e já está mais que na altura de me decidir.

    Para além que o X que vier a receber por mês, não quer dizer que o gaste todo, não tenho "vícios" e com o que restar já poderia ir poupando para depois pagar o empréstimo (fora o que estou já juntando com o estágio de 11 meses que estou a fazer).
     
  8. michael c

    michael c Power Member

    Eu já desaconselho as pessoas a estudar nesta área, então quando me propõem hipotecar parte das suas vidas no futuro para o poderem fazer, tenho mesmo que re-afirmar que é um passo demasiado grande, sem qualquer retorno garantido! Vê bem no que te estás a meter pois os bancos para emprestar é tudo óptimo...o pior geralmente vem depois. Mesmo sem vícios, há despesas que vais ter de ter. Eu não te quero desmotivar! Mas queres aprender para trabalhar em que área? Design gráfico? O design gráfico é sempre a base de uma boa formação em design já que dessa base deriva para o resto. Mas se é multimédia que queres, não faltam opções online bem melhores. Agarra em 300€ e investo-os em livros, de certeza que te podemos recomendar uns tantos. Depois começa a fazer freelancing, constrói um portfólio e ganha dinheiro primeiro e assim escusas de pedir empréstimo. Em dois anos fazendo freelancing em part time consegues juntar esses 15.000€ sem problema. Enfim, é só um conselho.
     
  9. É sempre gratificante receber opiniões como as vossas. Irei ponderar, tenho que reflectir muito sobre o assunto..
    Quanto à parte dos livros, já andei a procura de livros desse género, mas nunca vi grandes coisas...será pedir demasiado que me indiquem alguns?
    Por mais que digam, não me desmotivam, para desmotivar já basta ver em que estado está o país e cada vez mais acreditar que o futuro não passa por Portugal. O que vocês me dizem serve para reflectir e pensar, motivação tenho sempre.

    Um obrigado a todos, e espero continuar a receber opiniões.
    Cumprimentos
     
  10. edusantos

    edusantos Power Member

    Dentro da área de multimédia o que é que te interessa mais?
     
  11. Zion Linguist

    Zion Linguist Power Member

    Filipe09: Apesar de já ter respondido á thread passo a dar-te umas palavrinhas de novo - Kid, 15 mil euros não sao 15 euros, nem 150, nem 1500, não sei já tiveste experiencias com valores altos de dinheiro emprestado no passado, mas o pessoal só quer o teu bem, design gráfico neste momento conta com pessoal capaz de fazer 'coisas', ou seja, trabalhadores com experiencia, muita experiencia e n apenas recem licenciados na área.. Porque é q achas q o povo jovem de portugal anda tão desorientado? Os 'patroes' hoje em dia n querem papeis nem selos brilhantes á frente deles qd decorre uma entrevista, querem trabalho mostrado, provas fisicas, querem experiencia chapada na cara da pessoa á frente deles. Daí os titulos como licenciaturas, mestrados, etc terem perdido (em parte) o seu valor, porque um patrão já sabe q um recem licenciado n vem com muito trabalho nas mãos como é preciso.. Entendes?

    A parte dos 15.000 euros, qd fores a pagar de volta, n vais pagar só os 15.000, vais pagar mais, mesmo n tendo vicios, seres poupadinho, etc etc etc, vais ter sempre esse lado tapado com uma grande divida ao banco (e carro? e casa? vais andar a pé para o emprego?), para depois chegares ao final dos 3 anos, veres q n arranjas emprego decente, vais-te virar para q lado? se a vida anda dificil para quem n tem dividas, imagina para quem as tem.

    Como já tinha dito, a decisão é tua, mas de certeza absoluta q nao era eu q me ia meter numa aventura dessas. Espero sinceramente que ponderes em peso essa decisão meu amigo, porque n tenho bem a certeza se sabes naquilo que te estás a meter. Enfim. Your call.
     
  12. michael c

    michael c Power Member

    O raal já disse tudo. A proposito Filipe, conheces a plataforma de ensino à distância lynda.com ? Tecnicamente, mesmo tendo tirado um curso superior, foi através desses cursos que aprendi 90% do (pouco) que sei (do ponto de vista técnico). Se entenderes inglês, é um bom ponto de partida, baixo custo, não precisas de te meter em empréstimos nem nada que se pareça. Ainda hoje faço cursos na lynda.com. Por exemplo, actualmente gostava de aprender a fazer frontend development e seguramente quando tiver disponibilidade vou fazer um dos cursos da lynda para me dar as bases, depois com prática espero conseguir fazer o resto. Depois posso vender esse serviço a terceiros. É assim que o mundo funciona. No mundo real ninguém te vai perguntar se tens um curso superior ou não...vão é perguntar-te se sabes fazer X e se tens trabalhos anteriores que o possam provar :)

    Se quiseres, diz-nos que área preferes que eu dou-te um percurso de cursos da lynda.com que podes ir fazendo...se tens mesmo vontade, este é um caminho que te vai levar lá.
     
    Última edição: 15 de Janeiro de 2013
  13. edumicro: Eu na área, sou como um polvo, gosto de tudo e por mim não me importo de realizar qualquer trabalho...o meu ponto mais fraco é websites, mas com o pouco de paciência sei que consigo também ser razoável nesta área...

    raal: Eu sei que sim, e agradeço. Sei perfeitamente que 15.000 é muito e que depois irei pagar quase o dobro talvez...e é a questão do futuro que me põe de pé atrás, quero ter uma casa, carro, familia e até poder fazer isso teria esse tal emprestimo...

    Vejo a situação do país e não sei qual é a melhor solução. Provavelmente todos ou quase todos aqui do fórum já são experientes na área, sabem como iniciar e como dar continuidade à vossa profissão. Por muito que eu goste da área e gostasse de me dedicar a ela, não tenho (ou não sei) onde é o ponto de partida. Talvez tenha no passado feito uma escolha menos acertada, talvez pudesse ter esforçado mais para a matemática e assim poder ir para outros cursos, mas foi uma escolha e não me arrependo dela. É depressivo para os jovens (falo pelo que sinto) iniciar uma carreira nesta altura, que para além da crise há a "saturação" na área que muitos referem aqui. Talvez não me arrisque mesmo em ir para a universidade, pelo menos por enquanto...talvez junte dinheiro e quando o tiver irei sem recorrer a emprestimos bancários...desculpem o desabafo pessoal.

    Cumprimentos
     
  14. Gosto preferencialmente de edições de imagens/montagens e edições de vídeo/montagens...
     
  15. michael c

    michael c Power Member

    Deves ter feito este post ao mesmo tempo que o meu. :) Já te dei um bom ponto de partida! Aproveita, podes começar por ali. Saturação? Estas áreas estão a bombar em pleno...apenas tens de perder o conceito de teres um emprego "normal". É preciso muita luta mas com certeza que consegues ganhar dinheiro trabalhando para fora depois de teres alguma formação (pode mesmo ser pela lynda) sem te preocupares com a saturação que vai no nosso mercado nacional.
     
  16. michael c

    michael c Power Member

    Hmmm...fotocomposição? Edição de vídeo? Também sabes filmar? Ou só sabes/queres mesmo editar? Gostarias de aprender técnicas de filmagem? Ou queres ficar-te pela edição?
     
  17. Michel c: Quando me referia ao que disse, estava a incluir também todo o processo de obtenção de material. Esqueci-me de fotografia.
    Trabalho numa empresa de Audiovisuais, portanto todos os dias lido com gravações/edições, só é pena ser estagiário e não ter oportunidades para fazer muito mais do que faço...e quanto a ter um futuro "duro" não me importo, até me dou bem com o trabalho, sei que faz parte da vida e que preciso dele (para além de que me até ofereço para trabalhar aos fins de semana, sem receber nem ter nenhum ponto a meu favor a não ser mostrar interesse em trabalho)..para além de mais, sou do tipo de pessoa que gosta sempre de aprender e nunca me dou satisfeito com o conhecimento que possuo! Cumprimentos!
     
  18. michael c

    michael c Power Member

    Então tu já estás a trabalhar na área que gostas e queres abdicar disso para ires estudar? :D Má ideia! É esse tipo de atitude que te vai fazer evoluir, trabalho e dedicação.

    O que é que a empresa onde estás faz concretamente? Quais as tuas funções actuais? O que é que gostarias de estar a fazer daqui a 3 anos profissionalmente? Estou a perguntar apenas para entender melhor o contexto para te poder indicar alguns cursos da lynda.com.
     
  19. edusantos

    edusantos Power Member

    @Michael, agora que falas nesses cursos da Lynda, sou capaz de investir nisso. Já nem me lembrava que existiam. :D

    @Filipe09, toma atenção ao que Michael está a dizer. ;)
     
  20. michael c

    michael c Power Member

    edumicro, para mim é dos melhores investimentos que se podem fazer. Agora até tem uns cursos porreiros sobre user experience e sobre responsive design workflow e também sobre estratégias para os conteúdos.

    Pena eu não ter/arranjar o tempo necessário. Porque isto o que não falta são recursos online para aprender a baixo custo. Aconselho a todos subscreverem a newsletter ou o facebook da lynda.com por forma a verem os cursos que eles vão lançando. Qualquer profissional tem sempre necessidade de se actualizar um pouco e estes cursos são mesmo muito bem estruturados. Para quem fala inglês, é quanto a mim a melhor solução para ir acompanhando o mercado criativo em diversas áreas.
     

Partilhar esta Página