NOWO - Fibra Ótica

Oliveira!

Power Member
Não está previsto mas num futuro quem sabe....se houver futuro porque isso vai ser uma segunda NOWO LOOOL

O mercado portugues nao dá para isso ....
Não esquecer também que a Digi anda sucessivamente a adiar apresentação do relatório de contas, como saiu há uns dias notícia na comunicação social. Parece-me que as contas por lá não andam muito famosas, a confirmar-se poderá vir a impactar o investimento que andam a realizar
 

Meotuga

Power Member
Não esquecer também que a Digi anda sucessivamente a adiar apresentação do relatório de contas, como saiu há uns dias notícia na comunicação social. Parece-me que as contas por lá não andam muito famosas, a confirmar-se poderá vir a impactar o investimento que andam a realizar
Eles andam a colocar em Braga porque Braga é a UM (universidade do Minho)
E é fonte para Net fixa sem mais nada... São universitários...

É um sítio muito bem escolhido

Mas não terá grande sucesso ou futuro
 

Olimpus

Power Member
Se a compra da Nowo pela Vodafone me libertar da fidelização, salto para a DIGI se for competitiva (basta manter as condições que tenho com a nowo).
 

badanas

Power Member
Se a compra da Nowo pela Vodafone me libertar da fidelização, salto para a DIGI se for competitiva (basta manter as condições que tenho com a nowo).
Porque que iria libertar fidelizaçoes?

Por acaso tambem tenho 22 meses de contrato com a nowo...2 telemoveis com 20gb por 30 euros/mes
 

night_sign

Power Member
Porque que iria libertar fidelizaçoes?

Por acaso tambem tenho 22 meses de contrato com a nowo...2 telemoveis com 20gb por 30 euros/mes
Teu contrato é com Nowo e não com Vodafone, logo a fidelização deve ir ao ar.

Pode ser bom para Digi essa libertação, vai depender dos timings da oferta comercial.
 

badanas

Power Member
Mas o interesse da vodafone nao deve ser absorver a nowo, mas sim manter como mvno, como a NOS tem a woo. Mal termine o contrato de roaming com a meo, devem trocar os cartoes SIM para fazer roaming na rede deles. Assim conseguem vender os pacotes a preço premium com prioridade alta na rede mãe, e empurrar os pedintes de desconto para a rede mvno, com prioridade baixa nas antenas.
 
Última edição:

tonyfkv

Power Member
Teu contrato é com Nowo e não com Vodafone, logo a fidelização deve ir ao ar.

Pode ser bom para Digi essa libertação, vai depender dos timings da oferta comercial.
Duvido, a vodafone deve ficar obrigada a cumprir as fidelizaçōes que existiam na data da compra

e só depois pode celebrar novos contratos.
 

CS-TOD

Colaborador
Staff
Duvido, a vodafone deve ficar obrigada a cumprir as fidelizaçōes que existiam na data da compra

e só depois pode celebrar novos contratos.
Acredito que seja mais o contrário, a Vodafone deve ser obrigada a permitir a rescisão de contrato sem custos a quem não concordar com a mudança de Nowo para Vodafone.
 

Rui_tex

Power Member
Se a compra for aceite pela autoridade da concorrência e se efetivar, ninguém vai ficar sem fidelização. A única coisa que poderia mudar isso era a Vodafone querer mudar pacotes, alterar condições, alterar valores etc, aí sim, os clientes da nowo teriam um período de x tempo em que poderiam rescindir contrato. Se a Vodafone mantiver as condições como estão e só alterar as mesmas nas renovações e a novos clientes, tudo se manterá igual. Eu acho que esta compra pode ser para jogar com a entrada da DIGI, assim tinham uma sub-marca com valores e condições diferentes. Assim como a NOS já tem a WOO.
 

RRJoao

Power Member
Se a compra for aceite pela autoridade da concorrência e se efetivar, ninguém vai ficar sem fidelização. A única coisa que poderia mudar isso era a Vodafone querer mudar pacotes, alterar condições, alterar valores etc, aí sim, os clientes da nowo teriam um período de x tempo em que poderiam rescindir contrato. Se a Vodafone mantiver as condições como estão e só alterar as mesmas nas renovações e a novos clientes, tudo se manterá igual. Eu acho que esta compra pode ser para jogar com a entrada da DIGI, assim tinham uma sub-marca com valores e condições diferentes. Assim como a NOS já tem a WOO.
Mas o regulador pode obrigar a marca Nowo a fechar e os clientes a sair. No clix fizeram isso.

A Vodafone ficava só com a rede nesse caso e com vantagem porque tinha acesso à base de dados da Nowo e a migrar os clientes para si
 

Rui_tex

Power Member
Mas o regulador pode obrigar a marca Nowo a fechar e os clientes a sair. No clix fizeram isso.

A Vodafone ficava só com a rede nesse caso e com vantagem porque tinha acesso à base de dados da Nowo e a migrar os clientes para si
Eu acho que neste caso será diferente, outros tempos, acho que a autoridade não vai impor fecharem a nowo, mas nunca sabemos o que virá ao certo ali daquelas mentes brilhantes da AC 😅 vamos mesmo ter que esperar para ver, até podem não aceitar a compra.
Uma coisa é certa, a DIGI por muito que possa não fazer os valores que pratica em Espanha vai certamente alterar a dinâmica do mercado português, pelo menos na fase inicial vão ter que entrar com condições fortes para ganharem clientes. E isso certamente já estará na mente das outras operadoras.
 

AJ67

Power Member
Se a compra for aceite pela autoridade da concorrência e se efetivar, ninguém vai ficar sem fidelização. A única coisa que poderia mudar isso era a Vodafone querer mudar pacotes, alterar condições, alterar valores etc, aí sim, os clientes da nowo teriam um período de x tempo em que poderiam rescindir contrato. Se a Vodafone mantiver as condições como estão e só alterar as mesmas nas renovações e a novos clientes, tudo se manterá igual. Eu acho que esta compra pode ser para jogar com a entrada da DIGI, assim tinham uma sub-marca com valores e condições diferentes. Assim como a NOS já tem a WOO.
Para a Vodafone ter uma sub-marca, não precisa de comprar outro operador, isso não faz sentido nenhum económico, a NOS tem a WOO e não foi preciso comprar nada, a MEO tem a UZO e não foi preciso de comprar nada. A Vodafone nunca valorizou a Vodafone direto, foi criada com zero vontade e so existiu por causa da UZO e a Rede4, lá apareceu mais de 1 mês depois da UZO aparecer, e agora mostram interesse por uma "outra" sub-marca? A compra da Nowo tem um único motivo, tirar um do caminho por causa da Digi. Mais nada.
 
Última edição:

tonyfkv

Power Member
Se a compra for aceite pela autoridade da concorrência e se efetivar, ninguém vai ficar sem fidelização. A única coisa que poderia mudar isso era a Vodafone querer mudar pacotes, alterar condições, alterar valores etc, aí sim, os clientes da nowo teriam um período de x tempo em que poderiam rescindir contrato. Se a Vodafone mantiver as condições como estão e só alterar as mesmas nas renovações e a novos clientes, tudo se manterá igual. Eu acho que esta compra pode ser para jogar com a entrada da DIGI, assim tinham uma sub-marca com valores e condições diferentes. Assim como a NOS já tem a WOO.
Isso não faz sentido nenhum. A vodafone já tem uma sub marca, a yorn, e se quiser cria outra sem custos não precisava comprar a nowo para isso.

A compra é para crescer inorganicamente, ter mais clientes e chegar a mais lados na ftth

Acredito que seja mais o contrário, a Vodafone deve ser obrigada a permitir a rescisão de contrato sem custos a quem não concordar com a mudança de Nowo para Vodafone.
No brasil, na venda da oi movel e mesmo na recente venda da oi tv à SKY, aconteceu o que eu disse.

A autoridade reguladora determinou que os compradores têm de manter até ao fim os contratos que os clientes tinham no dia em que a compra foi anunciada.

É o mais lógico, os clientes nāo saem prejudicados em nada. Penso que por cá o desfecho será o mesmo.
 

Olimpus

Power Member
Eu "fugi" da Vodafone e não tenho grande vontade em regressar, caso haja mudanças contratuais imagino que se abra a porta para saída. Se mantiverem tudo (se sem alguma imposição por parte da AC) lá terei de os aguentar. Depois é olhar para a concorrência, e cabe tb aos consumidores abrirem a porta ao novo players.
 

joaoo

Power Member
lol contratos ao ar, muito se fantasia por aqui.
Estás em contrato com a NOWO ficas com o mesmo contrato com a empresa que a comprar, tão simples como isso. Acontece em todo lado, águas, telecomunicações etc!
 

RRJoao

Power Member
lol contratos ao ar, muito se fantasia por aqui.
Estás em contrato com a NOWO ficas com o mesmo contrato com a empresa que a comprar, tão simples como isso. Acontece em todo lado, águas, telecomunicações etc!
Falámos do exemplo do clix em 2013/2014 em que uma decisão da AdC teve consequência prática o fim dessa marca e saída dos clientes. Houve migração de clientes da Clix para a ZON mas a Clix simplesmente fechou. Além disso, os clientes tiveram a fidelização levantada durante 6 meses.

https://www.concorrencia.pt/pt/artigos/operacao-de-concentracao-entre-optimus-e-zon


Nas zonas onde Vodafone FTTH sobreponha com Nowo HFC, a AdC pode optar por essa solução como fez há 9 anos.
 

tigerpunk

Power Member
No brasil, na venda da oi movel e mesmo na recente venda da oi tv à SKY, aconteceu o que eu disse.

A autoridade reguladora determinou que os compradores têm de manter até ao fim os contratos que os clientes tinham no dia em que a compra foi anunciada.

É o mais lógico, os clientes nāo saem prejudicados em nada. Penso que por cá o desfecho será o mesmo.

Falámos do exemplo do clix em 2013/2014 em que uma decisão da AdC teve consequência prática o fim dessa marca e saída dos clientes. Houve migração de clientes da Clix para a ZON mas a Clix simplesmente fechou. Além disso, os clientes tiveram a fidelização levantada durante 6 meses.

https://www.concorrencia.pt/pt/artigos/operacao-de-concentracao-entre-optimus-e-zon


Nas zonas onde Vodafone FTTH sobreponha com Nowo HFC, a AdC pode optar por essa solução como fez há 9 anos.
O que aconteceu no Brasil não tem nada a ver com Portugal, onde o regulador já tomou posições diferentes, como o @RRJoao já mencionou, ao que eu acrescentaria que a AdC obrigou mesmo a NOS a vender a rede de fibra óptica da clix (foi a vodafone que a comprou) tornando a migração de clientes obrigatória, libertando-os da fidelização. Na altura significou uma redução de ISPs nacionais de 5 para 4; neste caso vamos ter uma redução de 4 para 3 o que significa que não faz qualquer sentido, em termos jurídicos, que regulador seja mais suave com esta fusão do que com a anterior. Eu diria mesmo que há bons argumentos para não permitir a fusão de todo.
 
Topo