1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

[Tutorial] Directorias em linux. O que significam? *Updated*

Discussão em 'Novidades GNU/Linux & *nix World' iniciada por El_UnO, 4 de Julho de 2005. (Respostas: 23; Visualizações: 8150)

  1. El_UnO

    El_UnO 1st Folding then Sex

    Bem, neste pequeno tutorial espero ajudar quem se está a iniciar em linux e estranha as directorias utilizadas. Este guia não está perfeito, visto que também sou relativamente novo no mundo do linux. Aceitam-se sugestões para melhorar :p

    Aqui vai então o que se encontra em todas as directorias e para que servem:


    /bin: binários executáveis (programas), não essenciais para o SO.

    /boot: boot loader, usado para arrancar o SO.

    /dev: acesso ao hardware montado no sistema, incluindo “devices” imaginários. Por exemplo, dev/cdrom0 e o primeiro cdrom montado no sistema e /dev/cdrom1 e o segundo. /dev/hda e a primeira partição, /dev/hdb a segunda e por ai adiante.

    /etc: ficheiros de configuração de vários programas

    /home: pastas e ficheiros pessoais, diferente para cada utilizador

    /lib: “libraries” que os programas necessitam para correr

    /lost+found: ficheiros recuperados depois de um “crash” do sistema.

    /misc: Pelo que sei este folder está quase sempre vazio. Acho que serve para guardar configurações que não se encontram no /etc.

    /mnt: Directório onde geralmente se faz o "mount" de coisas como particoes do windows a que queiramos aceder, pens usb, drives externas ou outros. O mount pode ser feito em basicamente "qualquer sitio", de maneira que esta directoria e a mais usada por uma questao de organizacao do sistema..

    /opt: aqui encontram-se alguns programas acessórios, geralmente instalados sempre depois de já todo o sistema estar a funcionar.

    /proc: Esta pasta permite ver coisas como o ID dos processos e que processos estão a correr.

    /root: equivalente ao “home” dos users, para o administrador (root)

    /sbin: “system administrators bin file”. Aqui encontram-se programas binários, com a diferença que estes só podem ser executados por um utilizador “root”.

    /tmp: ficheiros temporários utilizados pelos programas. Esta pasta é limpa cada vez que se reinicia o sistema.

    /usr: “Unix System Resourses”. Praticamente todos os ficheiros do sistema linux estão aqui. No /usr/bin estão ainda mais binários, no usr/doc e usr/share/doc encontra-se documentação, por exemplo. Esta pasta guarda todos os ficheiros/programas que são comuns a todos os utilizadores.

    /var: Esta pasta guarda ficheiros temporários, como documentos em fila de espera para impressão ou mails em fila de espera para serem lidos pelo utilizador. Os ficheiros aqui guardados podem ser precisos durante mais tempo, incluindo depois do utilizador reiniciar o sistema, dai não se usar a pasta /tmp para este caso.

    Espero conseguir ajudar (e eu k pensava que "usr" queria dizer "user" :D )

    Edit: resolvi actualizar a definicao da pasta /mnt. Acho k ficou melhor :)
     
    Última edição: 22 de Setembro de 2005
  2. PiKa_

    PiKa_ Power Member

    mt bem!isso ajuda bastante a entender o fs do nix...sticky cm ele!
     
  3. sl4ck

    sl4ck Power Member

    sticky !! sticky !! :D
     
  4. HecKel

    HecKel The WORM

    Um alerta, nem todos os programas são instalados "automáticamente" no /bin (deveriam...), por vezes podem "tentar" localizar um programa no /bin e na verdade ou fizeram porcaria ao instalar e tá no ** de judas :P ou então está na vossa pasta pessoal, convem saber onde vão instalar os programas e de preferência organizarem as "cenas" de forma a mais tarde não andarem a vasculhar o pc durante 2 horas(para os mais práticos..., locate :P)

    um abraço HecKel
     
  5. xtr3me

    xtr3me Power Member

    A maioria dos programas "comuns" ate se costuma instalar no /usr/share ...

    Ah, outra alternativa ao locate e o whereis <nome_programa>
     
  6. redalert

    redalert Folding Member

    ye!

    é possivel montar kalker "coisa" em kalker "sitio". :D por exemplo mapear discos remotos numa pasta na /home ou ate no desktop. :) google for shfs ;)

    da-le mais k U pôbU gostah pah! :x2: ta gUd :p setiqui setiqui! :D

    [[]]
     
  7. kazuza

    kazuza Power Member

  8. mas tambem... os progs genéricos compilados costumam ser instalados em /usr/local
    os da distribuição em /usr
    e os non-free/other license/ou compilados por outro sistema que nao pertence à distribuião costumam ser instalados em /opt

    para melhor pesquisa corram primeiro o

    updatedb

    e depois o

    locate [ficheiro]

    é que o locate utiliza a base de dados do updatedb


    Cumps,
    Pedro
     
  9. madskaddie

    madskaddie Power Member

    para encontrar os binarios tb se pode fazer

    $whereis nomeprograma

    e para encontrar qualquer ficheiro basta (como root) fazer:

    #find / -name "*expresão*"

    e esperar :P

    Já agora a tradicional pasta /mnt está a ser migrada (por algumas distros) para /media
    e as tralhas da web costuman estar em /var/ tambem (não serve só para filas )
     
  10. Simao

    Simao Power Member

    Excelente post
     
  11. manipulo

    manipulo Banido

    Não sei se esta é a secção certa para a minha questão ..

    É necessário desfragmentar o disco ao se usar linux tal como acontece no windows ?!

    Actualmente estou a usar Xubuntu se sim que programa de desfragmentação devo usar ?
     
  12. APLinhares

    APLinhares OpenSource Moderator
    Staff Member

    Não, não é preciso desfragmentar.
    Isto não é NTFS ou sequer Fat :)
     
  13. DarkJoker

    DarkJoker Power Member

    optimo tuturial

    migrei relativamente à pouco tempo para linux e ainda não tinha entendido muito bem o "sistema" de pastas mas sinceramente nunca me dei ao trabalho de procurar :P

    Thanks ;)
     
  14. manipulo

    manipulo Banido


    Pensei que fosse necessário desfragmentar .. lol

    Eu sei que não é ntfs ou fat á excepção do swap ... se não é preciso melhor ainda .


    Obrigado pelo auxilio .
     
  15. arconada

    arconada Power Member

    Por momentos pensei que achavas que swap era Fat
     
  16. VuDu

    VuDu Power Member

    Btw, o lost+found é uma pasta criada pelo fsck na raiz de cada mount point a cada verificação do sistema e contem dados recuperados. Não está necessariamente (apenas) na / e não sei até que ponto aparecerá se estiverem a ser usados outros sistemas de ficheiros. ;)
     
  17. Goncalo Silva

    Goncalo Silva Power Member

    Em Gentoo não está na /.

    Muito boa thread. Eu andei quase 1 ano a usar Linux sem saber realmente a definição dos locais. Enfim, eventualmente funcionava por instinto. Mas saber é sempre melhor!
     
  18. r3pek

    r3pek Power Member

    ja agora, acrescenta também o /media (mesma funcionalidade que o /mnt mas para discos/partições montados via desktop (e não manualmente atraves do comando mount))
    e uma pekena correção: hda é o primeiro dispositivo ide (disco ou drive), hdb o segundo. hda1 é a 1ª partição dentro do primeiro disco. ja agora, os discos sata são sd*
     
  19. VuDu

    VuDu Power Member

    Há algum tempo para cá começou a ser tudo sdX... eu por exemplo tenho um disco IDE e as partições vão do sda1 ao sda8 e consequentemente os dispositivos usb ficam com sdbX
     

Partilhar esta Página