Windows 11 - Tópico Geral

Websync

Power Member
Não estás a comparar Market Share do Windows 10 com o Windows 11. Estás a comparar a adesão a um simples update semestral do Windows 10 com o Update para um SO novo que é o Windows 11.
Acho que estas bastante confuso, aquilo é uma simples comparação de marketshare entre todos os sistemas operativos windows.
AdDuplex has updated its Windows market share tracker and it now believes that Windows 11 is installed on 16.1% of computers that run either Windows 10 or 11. AdDuplex has not released a new report since the end of November when Windows 11 was sitting at 8.6%. Today’s figures incorporate the installs we’ve had over December and January as well as all the new computers that were bought in over the holidays with Windows 11 pre-installed.

Então desconfias mal, pois em ponto algum disse que o update é automático. Disse que é necessário correr o mesmo, as in, aparece o aviso do update e clica-se no botão para fazer o mesmo.
Entao se o update do windows 11 também não é automático o que faz as comparações sem lógica?

O que disseste, para justificar que as comparações não têm lógica:
O 21H2 é um simples update, é normal triplicar ou mesmo quadriplicar. Basta os utilizadores correrem o Windows update.

É uma comparação sem logica.

Ora, se tanto windows 10 e windows 11 não tem updates automáticos como já sabemos, o que faz comparar marketshare entre ambos sem lógica?
Para fazer update para windows 11 tambem só tem que correr o windows update... Só estou a tentar entender a tua "lógica".
 

Ansatsu

Power Member
Entao se o do windows 11 também não é automático o que faz as comparações sem lógica?

Neste momento o update para o W10 21H2 até já é automático, lê o meu post anterior.

Seja como for, já tinha prometido a mim mesmo que não voltava a ter discussões contigo sobre W11 e voltei a cair no mesmo erro. Não vou dar continuidade à mesma.
 

Websync

Power Member
Só estou a tentar entender o que estavas a tentar dizer com o teu comentário, que ainda é um enigma para mim.
Que importa se o 21h2 é automático, estas a ignorar as builds todas windows 10 que não estão no 21h2 (o que até prova que o update n é automático).
Dizer que não faz lógica comparar o marketshare entre windows 10 e 11 é mesmo uma hot take, não fiques surpreendido que pecam que te expliques.
Eu pessoalmente estou curioso para entender o teu ponto de vista.~

PS: A Microsoft já começou neste mês de janeiro a forçar o update para o 21h2 para quem tem hardware compativel.

O que está a bold é importante.
 

Ansatsu

Power Member
O que está a bold é importante.

O Windows 10 tem uma gama de hardware compatível muito superior ao Windows 11.
O Windows 11 só é suportado do Intel 8xxx para cima e do Amd Ryzen 2xxx para cima, e é obrigatório ter Secure Boot e TPM 2.0 activo. Mesmo com isso tudo, o upgrade não é automático e tens de escolher fazer o upgrade para o mesmo ser feito.

Já o W10 21H2, neste momento o update é automático para toda a gente com hardware compatível. Não necessitas de ter Secure Boot, não necessitas de ter TPM 2.0 e suporta Cpu's bastante mais antigos da Intel e Amd em relação ao 11. Mesmo quem não tiver hardware compatível para o W10 segundo os padrões da Microsoft, podes clicar na mesma no botão e o update é feito.

Não tem logica comparar a adesão a um update semestral com a adesão a um SO novo, ainda para mais quando os requisitos são bastante diferentes e num deles o update é automático para quem tem hardware compatível.

Já disse tudo o que tinha a dizer e não vou continuar nesta discussão de w10 vs w11. Cada um escolhe o SO que acha superior para as suas necessidades e/ou para os seus gostos, e não podemos nem devemos julgar ninguém pelas escolhas que fazem.
 

Websync

Power Member
Não tem logica comparar a adesão a um update semestral com a adesão a um SO novo, ainda para mais quando os requisitos são bastante diferentes e num deles o update é automático para quem tem hardware compatível.
Mas estas a ignorar as outras builds do windows 10. Digo-te assim: em geral no mesmo período de tempo o windows 10 teve 3x mais users, isso já faz mais lógica na tua cabeça?
E no windows 10 também precisas de hardware compatível, tal como no windows 11, tu contradizes-te 2 vezes no mesmo post.
Ambos precisam de hardware compatível, ambos são grátis. Podes continuar a bater na mesma tecla que comparações não tem lógica, mas a realidade não é essa.
 

Ansatsu

Power Member
Digo-te assim: em geral no mesmo período de tempo o windows 10 teve 3x mais users, isso já faz mais lógica na tua cabeça?

Em 6 meses o Windows 11 teve 16% de adesão. Isso significa que o Windows 10 ainda tem os 84% de utilizadores que ainda não aderiram ao Windows 11, seja por não quererem fazer já, seja por não terem hardware compatível, whatever.

Logo não sei que novidade estás a dar com esses números. Mal era se o Windows 10 não tinha muito mais adesão a um update semestral, que ainda por cima já é automático e tem uma gama de hardware compatível muito mais alargada que o 11, quando tem 84% dos utilizadores.

O que se comparou inicialmente é que o Windows 11 está a ter um arranque muito superior ao arranque do Windows 10. Mesmo com todas as limitações impostas pela Microsoft a nível de compatibilidade de hardware, é um facto que está a ser superior.

Ambos precisam de hardware compatível, ambos são grátis.

O hardware compatível do Windows 10 é muito mais alargado que o do Windows 11. Tens um bolo de utilizadores bastante maior que podem instalar o Windows 10. É um facto.

Basta ver aqui pelo Zwame, o que não faltou foi pessoal a queixar-se que o seu hardware não é compatível com o W11, mas obviamente é com o W10.

E não esquecer outra coisa muito importante. A Microsoft não bloqueia o update para o 21H2 se não tiveres hardware compatível. Mas no caso do W11, se não tiveres hardware compatível, o upgrade nem sequer aparece no Windows Update.

Podes continuar a bater na mesma tecla que comparações não tem lógica, mas a realidade não é essa.

A realidade é exatamente essa.
 

Morais

Power Member
Possivelmente estou a sofrer um bug curioso, inofensivo mas um pouco chato, o volume parece aumentar aleatoriamente, já abanei o teclado, nada, não é de um switch avariado (mau era, tudo bem que é um Logitech e são famosos por não durarem mais do que 3 anos, se tanto.. mas este modelo nem 3 meses têm..), por isso só me resta assumir que algo de estranho se passa com o Windows 11, já li que o som tem tido alguns bugs nesse sentido..

Mas, de resto.. o único real impacto que o Windows 11 tem tido é muito especifico, o ReShade já não detecta os últimos jogos que corri, nada de especial, na maioria das vezes também tinha que procurar manualmente os .exe dos jogos, por isso não é nada de especial, só referi porque é mesmo a única diferença que notei.

De resto, nada contra, estou a usar o Edge que, verdade seja dita, parece ser melhor que o Chrome (não fosse ele baseado no Chrome), gosto do menu Iniciar, até o uso mesmo no centro e já não uso de lado (algo que também já li que irá voltar em futuras actualizações, mas nem devo voltar a o ter assim, já me habituei a o ter no centro, até torna-se mais rápido ao invés de ter o menu de lado (especialmente para que usa um monitor ultrawide).


Para mim são as coisas "pequenas" que me fazem preferir o Windows 11, gosto que agora o fundo é preto ao actualizar / reiniciar o computador, até que agora gosto do menu Iniciar central (já compreendo o que é que estavam a querer fazer) e acho que até é mais pratico para quem usa um portátil, por exemplo, claro que tem muito por melhorar, a forma como gere o som andou uns passos para trás.. demoro mais tempo a mudar entre dispositivos de som.. o acesso ao misturador de volume é mais complicado, entendo no que queriam fazer com o novo "menu do botão direito do rato" mas não.. se bem que gosto da adição do "copiar como caminho" ou "abrir no terminal do windows", estas ultimas duas opções são muito especificas e até acho curioso que as tenham incluído, especialmente a ultima.. não estou a ver quem precise tanto de aceder à linha de comandos numa pasta especifica que tenham que por isso nesse menu..


E claro.. a possibilidade de poder correr aplicações de Linux nativamente no Windows 11 é algo de muito.. muito.. muito bom. Verdade que, hoje em dia, dá para correr Ubuntu numa maquina virtual com dois cliques, aquilo está ridiculamente bem automatizado (no caso do VMWare, mas assumo que outras VM sejam semelhantes), é como instalar e aceder a um programa qualquer, mas para quem não quiser se dar ao trabalho e quiser apenas aceder logo à aplicação, muito bom.. claro que há o pequeno detalhe de ser mais complicado escolher que distribuição usar e isso tudo.. mas para quem quer apenas usar o Ubuntu e umas aplicações em Linux, parece ser uma excelente escolha, isso e ser algo nativo e não algo a correr via uma VM tem vantagens obvias em relação a rendimento, facilidade de acesso, etc..
 
Última edição:

Ansatsu

Power Member
demoro mais tempo a mudar entre dispositivos de som

A maioria das pessoas entra nas definições de som para mudar o dispositivo, mas existe uma forma mais rápida.
Clicas no botão do som, e depois clicas nesta seta:

y8C5juq.png


Depois é só escolher o dispositivo que queres usar.

IFgvJCZ.png


----------------------------------------------------------------

Quanto à funcionalidade do som no Windows 11, é uma das razões de no meu PC particular não pensar sequer retroceder para o Windows 10, pois resolveu todos os problemas que tinha com o som.

Uso o Dolby Atmos tanto para multimedia (filmes/series) como para jogos, pois a qualidade do som melhora substancialmente. Com o Windows 10 a Microsoft adicionou suporte nativo para essas aplicações (Dolby Atmos / DTS:X) juntamente com o Windows Sonic.

No Windows 10 o Dolby Atmos ou o Windows Sonic desativavam sem razão aparente. Se procurarmos no google, é algo muito recorrente. Isso fazia com que perdesse a confiança se o Dolby Atmos estava ligado ou não, e como tal, sempre que iniciava um jogo ou fosse ver um filme ou serie, lá ia eu verificar se estaca ativado e muitas vezes descobria que não estava. Era muito frustrante.
Estou a usar o Windows 11 desde o Beta e o Dolby Atmos nunca desativou uma unica vez, como tal presumo que é um bug que ficou resolvido de vez no novo SO. Infelizmente o bug ainda continua presente nas versões atuais do Windows 10.

Mas mais importante que isso, a Microsoft adicionou uma funcionalidade muito pedida. Tanto o Dolby Atmos como o Windows Sonic só funcionam se receberem 5.1/7.1 ou som nativo Dolby Atmos. Se receber 2.0, como é obvio, não consegue fazer nada e como tal a funcionalidade não é sequer usada.

Se arrancar um jogo que suporta 7.1, tenho de no jogo escolher essa definição para o Dolby Atmos funcionar. O problema é quando os jogos não deixam escolher, pois detectam automaticamente o nº de canais que o nosso sistema suporta, e hoje em dia basicamente todos os jogos fazem isso.
No Windows 10 o sistema de som continua a dizer que o nosso output é apenas 2.0, mesmo com o Dolby Atmos ativo, e como tal o jogo escolhe 2.0 e o Dolby Atmos fica desativo.
Com o Windows 11 isso muda e o jogo passa a saber que o Output suporta todas as configurações e o Dolby Atmos é sempre ativado. Como tal, com o Windows 11 basicamente posso jogar todos os jogos com o Dolby Atmos, algo que não me era possível na maioria dos jogos com o Windows 10.

São pequenas coisas que o Windows 11 faz muito melhor que o Windows 10 e que para mim são mais que suficientes para preferir este Sistema Operativo.
 
Última edição:

fernando0016

Power Member
Bom dia, é normal ainda não aparecer a opção para instalar o windows 11 ?
O meu pc tem todos os requisitos, mas desde a data de lançamento que dá esta informação.

Excelentes notícias: o seu PC cumpre os requisitos de sistema mínimos para o Windows 11. A altura específica na qual será disponibilizado pode variar à medida que o preparamos para si.
 
Bom dia, é normal ainda não aparecer a opção para instalar o windows 11 ?
O meu pc tem todos os requisitos, mas desde a data de lançamento que dá esta informação.

Excelentes notícias: o seu PC cumpre os requisitos de sistema mínimos para o Windows 11. A altura específica na qual será disponibilizado pode variar à medida que o preparamos para si.

Usa o Assistente de Actualização - https://www.microsoft.com/pt-pt/software-download/windows11
 

Websync

Power Member

whitelines

Power Member
Acho que tinha esses issues da taskbar. Tenho que atualizar.

Neste momento tirando uns freezes ocasionais inexplicáveis o window 11 funciona com a fluidez necessária. Não sei se foram patches ou drivers atualizadas.
A única cena que me deixa lixado com F grande foi terem removido a view da agenda do calendário quando se carregava no relógio.
Dava me imenso jeito pra ver reuniões marcadas e agora obriga-me a ir ao Outlook.
 

stryyker

Power Member
Boas pergunta rápida.
Tive comprar peças novas para minha torre incluindo MB, processador etc.
Concluindo instalação W10 foi feita limpa pela Loja.

Tentei instalar com a ferramenta do Windows dizia n suportado devido ao Tpm.
Lá descobri na Bios da Asus onde habilitar.

Depois de reiniciar usei mesma ferramenta instalação mas não avança dando obrigatoriedade de instalação outro Programa deles para ver o que se passa e o que não é compatível.

Dito isto nessa 2. Ferramenta "supostamente" está tudo ok com visto Verde, de suporte.

Se eu voltar à 1. ferramenta instalação ele não dá na mesma. Não dá mesmo para instalar apartir daqui?

Somente com W11 directo e do 0? Visto que tenho Instalação W10 "grátis" condições Pela Loja dispensava mesmo eu sacar ISO e fazer instalação limpa do W11.

Não dá mesmo upgrade?

Se não der fico me.pelo 10 mais uns tempos
 

s0ldier

Power Member
Se não me engano precisas do TPM, virtualização e um cpu compatível.

De qualquer das formas se fizeres o download da aplicação de update, consegues fazer o update através do 10 mantendo tudo ou não.
 

ptfuzi

Power Member
Boas pergunta rápida.
Tive comprar peças novas para minha torre incluindo MB, processador etc.
Concluindo instalação W10 foi feita limpa pela Loja.

Tentei instalar com a ferramenta do Windows dizia n suportado devido ao Tpm.
Lá descobri na Bios da Asus onde habilitar.

Depois de reiniciar usei mesma ferramenta instalação mas não avança dando obrigatoriedade de instalação outro Programa deles para ver o que se passa e o que não é compatível.

Dito isto nessa 2. Ferramenta "supostamente" está tudo ok com visto Verde, de suporte.

Se eu voltar à 1. ferramenta instalação ele não dá na mesma. Não dá mesmo para instalar apartir daqui?

Somente com W11 directo e do 0? Visto que tenho Instalação W10 "grátis" condições Pela Loja dispensava mesmo eu sacar ISO e fazer instalação limpa do W11.

Não dá mesmo upgrade?

Se não der fico me.pelo 10 mais uns tempos
Tens no github um projecto que te descarrega o iso do site da Microsoft e faz os bypass necessários para atualizar o os para w11
 

_SkyWaLKeR_

Power Member
entretanto enquanto a Microsoft não consegue devolver o relogio ao segundo monitor, encontrei uma APP na Microsoft Store, Chamada ElevenClock que me resolveu o problema :001:
 

carlos.fcpb

Power Member
Olá a todos,

Fiz um "Repor o PC", porque na minha anterior instalação, o Windows 11 estava sempre a usar 30 a 40% do meu CPU quad-core.

Depois de o repor, fui instalando os programas que necessitava, até que percebi, que foi depois da abertura do Word, que este CPU quad-core de 1.60Ghz-1.80Ghz, ficou novamente a usar 30 a 40% do meu CPU, sem parar... Estes 30 a 40% de utilização de CPU são sempre contínuos, mesmo sem nenhum programa a correr (se algum programa estiver a correr é só o "gestor de tarefas" para ver a percentagem de utilização da CPU).

Mais alguém já se apercebeu disto, com a abertura do Office, ou após a respetiva instalação? É que até a ventoinha ferve... O CPU em termos de temperatura, anda à volta dos 60 graus nos 4 cores. (A ventoinha não para de trabalhar, sempre que o PC está ligado, mesmo sem nada a correr, com a tal percentagem de 30 a 40% de utilização do CPU. Só para de trabalhar quando eu coloco o PC e o Sistema Operativo em modo de suspensão. Até quando faço CTRL+ALT+DEL para o Bloquear, este contínua com a utilização do CPU entre os 30 a 40% e a ventoinha a trabalhar.).

Dantes as janelas de abertura do Word, tinham mudado para uma cor branca no preenchimento do retângulo de abertura com um pouco de azul após uma atualização, dado que antes esses retângulos eram preenchidos de cor azul escura, mas agora o retângulo de abertura do Word, voltou a ser totalmente preenchido de azul escuro como antes (como por exemplo no Office 2016). Já tentei atualizar o Office pelo menu Ficheiro -- Conta, e o Office, diz-me que não tem atualizações!

(O Office é a versão para é o Office 365 para grandes empresas)

Mais alguém com estes problemas?

Situação mais estranha...
 
Última edição:

MOUSETM

Colaborador
Staff
carlos.fcpb

Tenho estado a usar o windows 11 desde o 1º dia, mas fiz uma clean install e não upgrade do windows 10, portanto até agora nada a apontar, parece-me que isso já deve ter ai outros problemas, está na altura de fazeres uma instalação limpa e não uma reposição e ver se isso fica composto, então se isso se mantiver é que podes começar a olhar para o hardware que algo não está bom.
 

emanuelp

Power Member
Já é mais seguro fazer o update para W11 sem ser clean install? É para o portátil de trabalho (design gráfico) e tenho demasiados GBs de dados e aplicações para ter que voltar a copiar e configurar tudo. É só mesmo pelo "bichinho" de ter o OS mais recente :D
 
Topo