1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Engenharia Informática

Discussão em 'Programação' iniciada por filipeff12, 10 de Maio de 2012. (Respostas: 2213; Visualizações: 202142)

  1. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    Boas,
    estou no 10º ano e gostava de tirar o curso de Engenharia Informática mas tenho as seguintes duvidas:
    1-Afinal qual e a media de ingresso para este curso(é à volta do 13?)
    2-o que é que um EI faz ao certo?/ Um EI é igual a dizer que é programador?
    3-Consideram as disciplinas muito difíceis ou não?
    4-Como esta o mercado de trabalho neste curso(há muitas empresas a necessitar destes profissionais)?
    5-por fim gostava de saber se é necessário comprar um pc com determinadas características para este curso, ou não?
     
  2. Kevin04PT

    Kevin04PT Power Member

    Boas,

    1- Depende da faculdade que queres entrar. Podes consultar todas essas informações no DGES.
    2 - Sim, um EI basicamente é um programador.

    5 - Acho que não. Ainda por cima estando tu ainda no 10º ano... Com o tempo vais te apercebendo daquilo que realmente necessitas em termos de material.
     
  3. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    Obrigado pela resposta, mas gosta de pedir alguém, sem querer ser muito chato, que me responda ás outras perguntas, e se por acaso essa pessoa tiver o curso de engenharia informática podia por um overview do curso( se gostaram, se era difícil, havia muitos trabalhos práticos, se a prova de ingressão era difícil ...) obrigado
     
  4. _K_

    _K_ Power Member

    Primeiro, é ensino superior, muitos alunos bons não conseguem assim notas excelentes como no secundário. Depois, tens cadeiras complicadas se não fores fã ou se não te deres bem com Matemática. E algumas coisas mais.

    Mercado de trabalho, hum, só sei que a percentagem de empregados após licenciatura / mestrado é acima dos 90%.
     
  5. JPgod

    JPgod Moderador Staff Member

    Depende das faculdades. FCT/UNL é 12 (ou era).

    recém-licenciados é praticamente sempre para programador, mas nem sempre e com evolução nas carreiras pode ir

    Não é um curso fácil! Especialmente matemática e certas disciplinas avançadas, mas é como tudo. Muitos não são capazes, outros fazem e tiram medias baixas, mas há quem limpe tudo na boa com 16+.
    Até a física é muito mais dificil que a do secundário.

    já lidaste com programação? Certo que os cursos até estão acessíveis para quem não tem bases de programação, mas com experiencia de colegas meus que vieram de cursos de IT no secundários safaram-se melhor do que quem veio do agrupamento geral (onde por exemplo só tive um bocado de nada de programação).

    Já foi melhor, mas com a crise, aliado ao facto de muita gente ir para eng. informática está a saturar o mercado rapidamente. Daqui 6-7 anos pode ser muito pior. Já o mercado de trabalho "lá fora" parece ser melhor.

    Entrar no mercado é fácil, pelo menos na situação actual, porque estágios e afins é ao pontapé. Agora se depois do estágio a empresa não segurar é muito pior e digo por experiencia própria :(

    Ainda é muito cedo para pensar nisto, mas não precisa de nada de especial. Um portátil de 600 € actual e pensando no curso como eu fiz servia na boa. E comprava algo relativamente leve, mas com ecran o maior possível (para programar, nada como muito espaço).

    Hoje, tendo dinheiro comprava um ultrabook, podendo até passar pelos famosos Macbook's de 13", mas (mais uma vez, baseado no curso que tirei), o OS de eleição é o Linux, mas parece que no ISEL usa-se bastante tecnologia microsoft.

    Mas é aquilo, não basta "gostar de computadores" para se safar em eng. informática...
     
    Última edição: 10 de Maio de 2012
  6. willie22

    willie22 I'm cool cuz I Fold

    1 - Média do 13 só na FCT/UNL. NA FEUP/ISEP andam à volta do 15/16.

    2 - Um Engenheiro Informático não é apenas um Programador. Eu no fim do 12º ano (Técnico de Nível III da UE) já sabia programar perfeitamente (linguagens de alto nível). Um Engenheiro Informático é um Programador, Engenheiro de Software, Gestor, Chefe de Equipa (Chefe de Técnicos), etc. Está à vontade em todas as fases de desenvolvimento de Software: Captura de Requisitos, Análise, Desenho, Programação, Testes. Facilmente se adapta a qualquer Linguagem de Programação (já tem experiência com dezenas de Linguagens de Programação de alto e baixo nível).

    3 - É tradicionalmente um dos cursos mais difíceis. Diz-se que é fácil de entrar e difícil de sair, e com notas de entrada de 15-16 valores já não é assim tão fácil de entrar, por isso aqui o fácil é relativo...

    4 - É a área com maior empregabilidade do país.

    5 - Terás à tua disponibilidade os PCs do Departamento mas convém comprar um Portátil
     
    Última edição: 10 de Maio de 2012
  7. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    suponho que sejas do porto porque citaste praticamente só universidades do porto.
    Eu sou de Lisboa logo será mais lógico ir para uma universidade de Lisboa, e pelo o que tive a investigar as médias aqui são mais baixas, segundo este site(um link para cada universidade)
    http://www.acessoensinosuperior.pt/detcursopi.asp?codc=9119&code=6800&frame=1
    http://www.acessoensinosuperior.pt/detcursopi.asp?codc=9119&code=0701&frame=1
    http://www.acessoensinosuperior.pt/detcursopi.asp?codc=9119&code=0903&frame=1

    Mas se tiver errado digam alguma coisa, porque foi por ter visto estas medias tão baixas que fiquei desconfiado e então postei aqui essa pergunta.
     
  8. DarkT

    DarkT Power Member

    Sim no ISEL damos bastante tecnologia Microsoft. Sendo sincero desde que aprendi a programar em C# passei a "odiar" java :p
    Damos Asp.net MVC e algumas faculdades dá-se PHP. Mas é um curso bastante completo e para mim dos melhores de Lisboa (em termos de Informatica e Licenciatura).

    Empregabilidade -> 100% mas como nao vim aqui fazer publicidade :P

    A meu ver um engenheiro informatico tem que saber mais do que programar mas sim conceber uma arquitectura de uma aplicaçao software desde raiz utilizando padroes de desenho adequados para o seu desenvolvimento.
     
  9. fel

    fel Power Member

    As taxas de empregabilidade são de uma exatidão assustadora. É tudo acima de 95%, não sei como há desemprego neste país no ensino superior.
     
  10. willie22

    willie22 I'm cool cuz I Fold

    Estamos a falar da área com maior empregabilidade do país. Se estivéssemos a falar de cursos como Estudos da Paz, Estudos Africanos, Educação Social, Filosofia, etc era provável que a taxa de desemprego fosse de 95% em vez da de empregabilidade
     
  11. JPgod

    JPgod Moderador Staff Member

    ISEL é lisboa, FCT/UNL é lisboa (ou melhor, Almada).
     
  12. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    Peço desculpa pelo meu erro
     
  13. jfpime

    jfpime Power Member

    Médias por ordem:
    1. IST (13.88 - 168 vagas)
    2. FCTUNL (13.04 - 150 vagas)
    3. ISCTE (12.50 - 60 vagas)
    4. FCUL (12.05 - 90 vagas)
    5. ISEL (11.30 - 120 vagas)

    Para todas elas precisas de ter pelo menos o exame de Matemática A. Quanto ao curso, não é difícil, mas é muito trabalhoso. É preciso dedicar muitas horas e é preciso saber pensar/raciocinar. O pessoal que é bom a matemática dá-se bem neste curso. Sobrevives na boa com um eeePC. Não há qualquer relação entre ter boas notas e ter um bom portátil.
     
  14. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    Obrigado, pelas respostas já fiquei mais esclarecido.Mas como sou chato, gostava que me dessem exemplos de empresas que precisam de engenheiros informático em Portugal ou no estrangeiro(EUA).
    Já agora qual é a faculdade que garante mais emprego quando terminamos o curso?(preferencia para Lisboa)
     
    Última edição: 10 de Maio de 2012
  15. fel

    fel Power Member

    Desde o momento em que um vice presidente de uma destas escolas me disse na cara que não têm qualquer controlo sobre o que os alunos fazem no mercado, não me merece a mínima credibilidade qualquer press release que saía nos jornais, escolas, etc.

    Seja filosofia ou engenharia XPTO. Bem sabe a escola onde andei o que eu faço ou deixo de fazer.
     
    Última edição: 10 de Maio de 2012
  16. sir_atmc

    sir_atmc Power Member

    Tens aqui alguns exemplos: http://itjobs.pt/
     
  17. willie22

    willie22 I'm cool cuz I Fold

    Eu não falei em ISEL falei em ISEP. A diferença na nota de entrada é de 4 ou 5 valores. Mas sim, pelos vistos em Lisboa há mais estabelecimentos de ensino com notas de entrada na ordem dos 12, 13 valores para além da FCT/UNL e o ISEL é um deles
     
  18. Pynto R

    Pynto R Power Member

    ...ou melhor, Monte de Caparica!!
     
  19. filipeff12

    filipeff12 Portugal@Home Member

    Estas universidades sao todas publicas certo ?
     
  20. diogo_miguel

    diogo_miguel Power Member

Partilhar esta Página