1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Guia Fazer undervolting ao CPU do seu portátil [Actualizado]

Discussão em 'Análises, Artigos e Guias' iniciada por AudigyMaster, 27 de Outubro de 2007. (Respostas: 1701; Visualizações: 308146)

  1. AudigyMaster

    AudigyMaster Power Member


    Guia Actualizado(06/2010) parte I -
    links actualizados para as novas versões do CPU RMClock Utility(versão x64 com driver assinado) e CPU-Z; simplificação dos esquemas.

    Guia Actualizado(06/2010) parte II - disponibilização de uma aplicação que adiciona o suporte de half multipliers ao RightMark CPU Clock Utility(processadores como o T9300/9400/8100/e todos os outros que usem multiplicadores não inteiros serão agora suportados na totalidade)

    Ora aqui está um tema pouco falado. Fiz este guia pois acredito que seja interessante e útil para todos os utilizadores de portáteis.

    Sei que á primeira vista o método que se segue pode parecer algo complexo e difícil de compreender/aplicar/configurar, mas seguindo calmamente os passos do guia, em poucos minutos estamos a reduzir vários graus no calor gerado pelo processador sem qualquer decréscimo na performance da máquina. Com o verão a aproximar-se, á que tomar medidas de manutenção e prevenção de modo a evitar problemas originados pela temperatura excessiva.


    [​IMG]



    Neste guia iremos abordar a questão do undervolting… e o que é isso, perguntam vocês?


    Ora o undervolting como o nome indica, é o método de reduzir a voltagem padrão de um certo dispositivo.


    E com que objectivo iremos fazer isso?


    Com o objectivo de reduzir a voltagem que passa nos circuitos internos do CPU. Deste modo será libertado menos calor do mesmo, que consequentemente irá provocar um menor gasto de energia durante o seu funcionamento,melhorando a autonomia do portátil. Por outro lado a longevidade/tempo de vida dos componentes/CPU irá aumentar drasticamente, pois estamos a falar na redução de cerca de 15ºC em full load na maior parte dos casos. Outra vantagem será que o portátil/sistema irá funcionar muito mais estável.

    Em certos casos a performance poderá mesmo aumentar… casos em que as temperaturas em full load obriguem a que os sistemas de protecção térmica do CPU façam Throttling, ou seja redução temporária da frequência de relógio do CPU e/ou salto nos ciclos de funcionamento do mesmo de modo a abrandar o seu funcionamento e consequentemente reduzir a temperatura. Com a redução da temperatura de funcionamento, deixa de ser necessário abrandar o funcionamento do CPU, permitindo o uso pleno das suas capacidades.


    Que riscos/consequências negativas irá ter na minha máquina?


    Nenhuns. Nas próximas linhas vamos ver porquê.

    Um CPU é uma peça muito complexa, em grande parte devido aos seus componentes serem de uma ordem infimamente pequena. Durante o seu fabrico, nem todos os cores(núcleos) que provêm de uma mesma bolacha de silício irão ter a mesma velocidade.
    O fabricante irá testar cada uma das unidades, e atribuir-lhe uma frequência de relógio que ele mesmo o suporte de forma estável, existindo sempre uma margem de segurança. Em muitos casos essa margem é explorada no overclocking, ou seja aumentando a frequência de relógio acima do padrão. Neste caso em particular iremos explorar essa margem de segurança na voltagem em vez de na frequência.

    Ou seja iremos explorar a margem em que o CPU funciona com uma voltagem menor possível, mantendo a mesma frequência de funcionamento.

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Iremos usar um programa que se chama RightMark CPU Clock Utility (Freeware) - versão 32bits e 64bits(signed driver) Download

    Existe outro programa também muito conhecido e mais user friendly, o NotebookHardwareControl, mas no entanto devido a este ainda se encontrar em fase beta, e ter alguns problemas com certas marcas/modelos, não o incluí neste tutorial. No entanto os fundamentos são os mesmos e aplicam-se para ambos os programas.



    Abrimos então o RM CPU Clock Utility.


    [​IMG]


    1 --------------------------------------------------------------------------------------------------------
    No separador Settings, mais propriamente na secção Startup options, podemos configurar o arranque da aplicação sempre que iniciamos o nosso sistema operativo.

    2 --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    No separador Management, caso se deseje que as voltagens se mantenham mesmo após fechar o RM CPU Clock Utility, basta remover os vistos das caixas que dizem Restore CPU defaults on management turning off e Restore CPU defaults on application exit.

    3 --------------------------------------------------------------------------------------------------------
    No separador Profiles, iremos ter uma lista com os vários multiplicadores que o CPU usa, bem como a respectiva voltagem. O multiplicador, é como o nome indica, o factor que o FSB(neste caso 200Mhz) terá de ser multiplicado de modo a obter a frequência de funcionamento do CPU. Ou seja caso o multiplicador seja diminuído, o CPU irá diminuir a sua frequência de funcionamento.

    Vejamos o multiplicador máximo que está disponível(x12, no caso de um C2D T7700). Multiplicando o FSB pelo multiplicador, 200x12=2400, verificamos que o CPU funciona a 2400Mhz com o multiplicador 12.

    4 --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Seleccionamos o separador Maximal Performance. Dentro do separador seleccionar OS Settings e colocar um visto na caixa que diz Use OS Power Plan. Selecionar High Performance logo ao lado(ver imagem). Isto irá integrar a profile do RMClock à profile energética do sistema operativo, neste caso High Performance.

    No separador CPU Settings, colocar um visto nas caixas que dizem Use P-state transitions (PST), tanto no AC Power como no Battery, caso se use este último.
    Como a profile é a Maximal Performance, iremos seleccionar o multiplicador máximo disponível, de modo a que o CPU funcione à sua frequência máxima.

    Voltemos então ao separador Profiles. Na secção Profile selection, respeitante ao AC power, colocar unicamente Maximal Performance onde diz Current (deixar "No management" no Startup - muito importante durante o processo de testes, só deve ser alterado quando se obtiver um valor estável no undervolting). Caso também se deseje o mesmo efeito no modo bateria, repetimos o procedimento.

    Mais abaixo, a secção CPU Performance states editor. Ai iremos seleccionar as voltagens(VID) a que o CPU irá funcionar, em determinados multiplicadores(FID). Retirar o visto da caixa referente ao Auto-adjust intermediate states VIDs.

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------


    Vamos então começar a alterar os valores da voltagem do CPU propriamente ditos. Comecemos pelo multiplicador maior(neste caso 12).


    Lembro que alterar estes valores será semelhante ao overclock, ou seja tentativa e erro. No entanto para terem uma ideia, um C2D T7x00/T5x00 usa valores entre 1.0375 e 1.3V. Ou seja caso tenham um CPU destes, tentem começar por valores mais altos até chegar a 1.0375V. Caso nessa voltagem o CPU se mantenha estável, tentem baixar um pouco mais, testem novamente, baixar um pouco mais, e por assim diante. Lembro que é essencial testarem o vosso CPU sempre que alteram um valor... assim terão a certeza que o vosso CPU esta estável nessas condições.

    Quando chegar a um valor que provoque instabilidade, voltar ao valor anterior, sendo que esse valor anterior fica como o minimo possivel de voltagem para que o CPU fique estável. Atenção que a instabilidade pode-se revelar de vários modos, desde ecras azuis de erro, ao crash/bloqueio do sistema operativo, ou mesmo aplicações a pararem de responder. Portanto tomem todas as medidas para testarem se o vosso CPU está estável com a voltagem em causa.

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Para medirem/verificarem a voltagem a que o vosso CPU está a funcionar, recomendo usarem o CPU-Z ( Download ),visto o RM CPU Clock Utility nem sempre detectar correctamente as voltagens (no caso do Clevo M570RU detecta 0.112V acima do real).

    Para saberem a amplitude de voltagens que o vosso CPU utiliza, podem consultar o Intel Processor Spec Finder ( Aqui ) .

    Depois de verificar a voltagem mínima para o maior multiplicador, repetir novamente o mesmo processo para os outros multiplicadores. Como o valor dos multiplicadores vai diminuindo, a frequência de funcionamento também, e consequentemente será necessária cada vez menos voltagem. Atenção que será necessário voltar ao separador Maximal Performance e alterar o FID(multiplicador) activo para o qual se deseja testar as voltagens.

    Após finalizar o processo de optimização das voltagens nos vários multiplicadores, pode-se configurar as profiles(Maximal Performance, Power Saving e Performance on demand) para os multiplicadores que desejarem. Ou seja, no modo Power Saving pode-se usar um multiplicador baixo de modo a consumir menos energia, já no modo Maximal Performance convém usar o multiplicador maior, de modo a obter todo o desempenho.

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    No final deste processo o CPU libertará menor quantidade de calor, podendo-se observar descidas na ordem dos 15ºC (full load), dependendo de caso para caso como é claro. A autonomia em bateria aumenta também, visto ser gasta menos energia.

    No caso de teste, onde foi usado um T7700:

    • 56ºC VCore alterado
    • 69ºC VCore stock
    Antes -> Depois (poderá parecer um valor de voltagem marginal, mas só essa ligeira diferença tem um grande impacto no calor gerado)
    [​IMG] [​IMG]

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    A aplicação xHalf Utility adiciona o suporte de half multipliers ao RightMark CPU Clock Utility(processadores como o T9300/9400/8100/e todos os outros que usem multiplicadores não inteiros) serão agora suportados na totalidade.

    [​IMG][​IMG]

    xHalf Utility v2.2(Freeware) - Download


    --------------------------------------------------------------------------------------------------------
    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Espero que este guia vos tenha sido útil...

    Peço desculpas pela sua extensão. Resolvi colocar no inicio do mesmo uma espécie de introdução de modo a que o assunto fosse fácil de perceber para todos.
    Caso exista algum erro, agradeço o aviso. Alguma dúvida adicional é só colocar.


    Abraço ;)
     
    Última edição: 17 de Abril de 2011
  2. phasing

    phasing What is folding?

    gostei mt do post.. mt completo 5*... mas faço uma pergunta, no meu caso que tenciono jogar vou notar mt a diferença de performance??
     
  3. AudigyMaster

    AudigyMaster Power Member

    Não vais notar absolutamente nada na performance... mais estabilidade isso sim. A frequencia do CPU permanece igual, o único factor alterado é a voltagem do mesmo (VCore), o que não afecta a performance.

    Caso queiras comprovar experimenta correr uma aplicação chamada SuperPi. Corre antes e depois... vais ver que os resultados irão ser practicamente iguais em ambos os casos.

    Cumps ;)
     
    Última edição pelo moderador: 3 de Novembro de 2007
  4. redalert

    redalert Folding Member

    Já andava à espera disto! É desta que chego às 3:00h de autonomia! :x2:

    Tks!


    [[]]
     
  5. Rom Hacker

    Rom Hacker Banido

    Além de aumentar a autonomia da bateria aquece menos.....
     
  6. WindWalker

    WindWalker Power Member

    O Notebook Hardware Control também faz isso ;)

    Utilizei num T5600 e passou de 68ºC em full para 50ºC ([email protected], 1.83GHz).
     
  7. AudigyMaster

    AudigyMaster Power Member

    Boas

    Como disse no tutorial, o NotebookHardwareControl nem sempre funciona correctamente, e em muitos modelos/marcas nem sequer possibilita a alteração de voltagens(incluindo o meu)... para além de ás vezes ter alguma instabilidade no Vista. É de referir também que é um software que se encontra em estado beta, portanto ainda não tem a estabilidade de uma versão final.

    Já o RightMark CPU Clock Utility, é um programa que se encontra em estado final, actualizado recentemente, e que embora seja um pouco mais complexo acredito que permita uma melhor gestão e personalização á unha.

    Claro que os fundamentos que referi aqui se aplicam a ambos os programas.

    Cumps ;)
     
  8. skinnie

    skinnie Power Member

    brutal...ja tinha este programa instalado mas não tinha percebia grande coisa..
    Já me disseram que estes procs (t7XXX) fazem grandes undervolts..
    Também funciona bem com os turion que já li..
    Era fixe postarem resultados..
    edit: como diz o meu colega..ate agora tem sido espectacular :P

    [​IMG]

    vou reiniciar e depois testar com menos volts..se ele fizesse 2.0GHz com 0.937 é que era :)

    New update:

    [​IMG]

    Sera que não dá para fazer um mod ao programa?:P para poder baixar mais?era brutal..
    AudigyMaster muito obrigado pela tua contribuição :)
     
    Última edição: 27 de Outubro de 2007
  9. Helixsk8

    Helixsk8 I quit My Job for Folding

    Funciona em portáteis com cpus desktop como por exemplo os D901C com Q6600?
    Obrigado
     
  10. erdnagama

    erdnagama Power Member

    boas, desculpa mas que versão do rightmark usaste para o topico? é que o meu não é igual nas janelas por exemplo no profile, em maximal performance, apos carregar em OS Settings aparece isto:


    [​IMG]

    e depois não tenho a opção "High Performance" na US Power schene
    não percebo, o que estou a fazer mal?
     
  11. skinnie

    skinnie Power Member


    o meu tb n tem..eu pus a "sempre ligado" deve ser basicamente a mm cena..
    E o meu prime continua a correr @0.937v..brutal..
     
  12. bruncamps

    bruncamps Power Member

    Indiquem qual o vosso processador e qual a autonomia ganha, para se ter uma ideia. :)
     
  13. AudigyMaster

    AudigyMaster Power Member

    Boas

    Excelentes resultados... uma descida de + de 200mV no core provoca uma descida de temperaturas brutal... pena o meu T7700 precisar de 1.0375V no minimo para ficar estável :'(

    Em relação a baixar ainda mais, tal não é possivel, pois não se trata de uma limitação do programa, mas sim de uma limitação de VIDs(voltagens) no SpeedStep dos processadores intel. No entanto o valor que já conseguiste é excelente!

    Funciona sem problemas... todos os CPUs com SpeedStep são suportados, estando o Q6600 incluido.

    Viva

    Tal facto deve-se de estares a usar o XP... os profiles e a gestão de autonomia são um pouco diferentes das do Vista.

    No entanto segue o conselho do skinnie e seleciona Always On. Ao fim ao cabo trata-se do mesmo que High Performance, pois trata-se de obter o máximo desempenho.

    Alguma dúvida coloquem!

    Abraço ;)
     
  14. skinnie

    skinnie Power Member

    e não e que o bixo esteve pelo menos umas 5horas a correr prime e teve sempre na boa?desligei agora pk vou desligar..em termos de autonomia depois digo algo..abc
     
  15. Learner

    Learner I fold therefore I AM

    Parabéns pelo tutorial e pelo assunto em questão! :D
     
  16. erdnagama

    erdnagama Power Member

    obrigado malta, vou por mãos ao trabalho! :kfold:
     
  17. skit

    skit I folded Myself

    Não existe versão do programa para 64 bist ? Sempre que tento correr o programa pede-me um controlador assinado digitalmente e um erro por ser 64 bits.

    Abraço
     
  18. erdnagama

    erdnagama Power Member

    quando altero a voltagem no multiplicador 5 (tenho um t7500) que é o meu mais elevado, os outros todos variam também, é normal ne?

    depois de chegar ao desejado no 5 posso alterar os outros também, ou deixo estar?

    surgiu-me outra questão, nos outros multiplicadores é normal ir ate onde?

    obrigado
     
  19. AudigyMaster

    AudigyMaster Power Member

    Viva

    O programa em questão funciona em sistemas x64...

    O problema está em a microsoft não permitir a instalação de drivers não assinados digitalmente por eles em sistemas x64(PatchGuard), ou seja o RM CPU Clock Utility não consegue instalar o driver que faz com que o programa consiga comunicar com o CPU, pois o sistema operativo não deixa. Em sistemas x86 não existe essa limitação/imposição.

    Até a bem pouco tempo existia um workaround que desligava essa obrigação de usar sempre drivers assinados pela microsoft, no entanto essa opção já foi retirada em updates recentes.

    O NotebookHardwareControl, infelizmente é incompativel com sistemas x64.

    Boas

    O multiplicador mais elevado do teu CPU é o 11 e não o 5. Basta fazeres uma multiplicação do FSB por esse valor para verificares: 200x11=2200.

    Em relação aos outros multiplicadores, caso os uses ou uses a opção dynamic shitching, recomendo a optimizares todos os outros. Em principio quando menor é o multiplicador menos voltagem é necessária.

    Tens por exemplo o meu T7700, que no multiplicador 12 necessita de no minimo 1.0375V. Menos que isso o CPU tende a ficar instavel.

    Abraço ;)
     
  20. erdnagama

    erdnagama Power Member


    lol toda a razão, enganei-me
    ja agora o que é o dynamic switching?

    outra questão: em "Management" reparei que posso alterar a default selection do CPU, e por o FID/VID com um multiplicador em 12X. ora bem, tendo em conta que a arquitectura do meu processador (t7500) é idêntica ao teu (t7700) fazia um "upgradezinho". ou estou a dizer uma série de barbaridades que nem fazem sentido?

    é melhor estar quieto ou posso fazer uma brincadeira destas? o sistema de refigeração do meu pc aguentará?

    obrigado, e desculpem o bombardeamento, mas quando se é nabo mas muito curioso...
     
    Última edição: 28 de Outubro de 2007

Partilhar esta Página