1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Usem máscara.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Fonte Padrão ATX12VO (12V only PSU)

Discussão em 'Hardware - Novidades e Notícias' iniciada por JPgod, 23 de Janeiro de 2020. (Respostas: 79; Visualizações: 5589)

  1. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Ora aqui uma novidade de peso, padrão de fontes de alimentação para PCs apenas com 12V.

    https://www.techpowerup.com/263213/pure-12v-psu-standard-named-atx12vo-debuts-later-this-year

    https://www.intel.com/content/dam/w...ower-supply-platform-atx12vo-design-guide.pdf

    antes tarde do que nunca!

    Só o facto do cabo principal ser de 10 pinos já é uma enorme vantagem! Os 3.3v só é usado na board, logo facilmente eliminável. Os 5V que ainda serve para portas USB (o que pode ser feito via regulador onboard, que até já existem de certa forma) e discos SATA. Para estes não vejo problema em ser a board a regular e ter um conector de power, tal como em boards ITX e PCs que são alimentados por brick.

    Para aqueles casos extremos de querer encher a maquina de SATAs, bom é algo que pode vir na fonte na mesma.

    Ainda do SATA é algo que lamento não ter sido criado desde o início. Ou conector SATA da board fornecia os 5V, 1A e existia um conector SATA de 12V auxiliar vindo da fonte ou então o SATA ter nascido desde o início como 12V only.

    Ainda assim acho que isso podia ser diferente. Os 4 pinos principais (PS_ON, 12VSB, RESERVED e PWR_OK) podia ser um conector dedicado, com um formato compacto, tipo o molex de disquete ou USB interno (ambos são 4 pins), não é algo que passe tanta corrente para precisar de uma ficha grande e fios 16/18AWG.

    Os 12V em si para alimentar a board seria simplesmente conectores EPS 12V. Assim uma board com CPU integrado teria um só EPS 12V, as normais 2x (um pro CPU, outrr pro resto) e as (ultra) high end 3x, 4x, etc.

    Seria a verdadeira padronização. E a cereja seria as gráficas também usarem EPS...
     
    Última edição: 24 de Janeiro de 2020
  2. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Ou seja, vem aí um tempo de adaptação de uns anos para adaptar isto? A ideia é muito boa.
     
  3. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    A questão é começar a sair boards com isso. Quem tiver fontes modulares, basta que o fabricante ofereça um cabo de 10 pinos preparado. E o cabo de power "extra" de 6 pinos pode simplesmente ligar numa das portas de cabos de graficas (até porque nas fontes modulares, os conectores do lado da fonte são todos iguais, sem diferenciar se é PCIE ou EPS).

    Talvez algumas fontes ainda venham "hibridas" do tipo, dropam o suporte ao 24 pins, eliminam o rail de 3.3v, mas mantém o de 5V para usar em conectores molex e SATA.

    O documento da Intel justifica o facto que o mainstream usa no máximo 6 SATAs, logo não seria muito problemático a board fornecer a conversão para 5V para tais portas.

    E mesmo no mainstream 6 portas SATA é algo já nicho, já estamos fora da época dos gravadores SATA e montes de discos SATA ligados ao mesmo PC.

    O mainstream mesmo usa no máximo 1 ou 2 storage devices...
     
  4. Miguel_Pereira

    Miguel_Pereira Power Member

    Com a maioria dos SSD's hoje em dia a serem M.2, diria que mais de 95% do mainstream que compre um pc novo não use mais que 1, no máximo 2 Sata.
     
  5. fakemeta

    fakemeta Colaborador
    Staff Member

    Independentemente do que vierem a tornar padrão, deviam pensar seriamente em abolir o conector MOLEX.
     
  6. SideWalker

    SideWalker Moderador
    Staff Member

    Qual é o grande problema do molex, mesmo? Não faltam fontes modulares e semi-modulares em que só lá ligam o que precisam. É fácil terem fontes livres de molex, se quiserem.
    Nunca percebi esse sentimento de abolição completa de legacy, quando no mercado já existem produtos que correspondem ao que pretendem. Quem ainda precisa do legacy, que se lixe?
     
  7. fakemeta

    fakemeta Colaborador
    Staff Member

    O que estás a perguntar não faz sentido.

    Quem precisa de usar material legacy tem de se sujeitar às opções legacy que existam e não pode estar à espera que os novos padrões suportem legacy.

    A minha board não suporta cabos FDD por isso não posso ligar a minha drive de disquetes à board. Qual a tua opinião sobre a descontinuação dos conectores FDD?
     
  8. SideWalker

    SideWalker Moderador
    Staff Member

    O FDD morreu de morte natural, não precisou de ser abolido. O mesmo acontecerá ao molex, eventualmente. E um novo padrão de 12V que nem fichas SATA nas fontes prevê tem tudo para ser esse prego final no caixão da coisa, também.
    Não precisa de ser abolido apenas porque tu não gostas dele. ;)
    O meu comentário até nem era apontado aos molex, especificamente. É muito comum ver comentários do género "já acabavam com porta X, ou característica Y" em relação a coisas mais legacy. Só porque é velho não quer dizer que não tenha utilidade. Essas coisas duram enquanto existe mercado que as sustente...
     
  9. fakemeta

    fakemeta Colaborador
    Staff Member

    Não se trata de gostar ou não gostar.

    O conector tem fragilidades porque os pinos facilmente ficam desalinhados e não encaixam no conector, ao contrário dos conectores PCI-E / ATX 12v. Quem nunca teve este stress que atire a primeira pedra.

    Existem muitas coisas 12v ou 5v que usam molex que poderiam usar sata desde que não puxem muita corrente. Há alguns fabricantes que estão mais sensibilizados que outros e já passaram para sata.
     
  10. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    Mas é curioso que o documento da intel mantém o molex, mas apenas com o +12V e GND... Não era altura para descontinuar esta ficha gigante e problemática? mais valia introduzir um conector novo de 2 pinos. Este ia servir para alimentar coisas como bombas WC, fans, etc.

    A maioria dos dispositivos legacy que usam isto precisa dos 5V...
     
  11. Scan_Ferr

    Scan_Ferr Power Member

  12. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    A minha perspectiva é um pouco diferente. Se é algo legacy, já com pouco impacto real no mercado, que se faça material de suporte legacy para o nicho, e se permita que o mainstream evolua. Faz-se uma separação nesse ponto do mercado, e quem ainda quer, paga o extra de ter acesso a isso.

    Entendo por onde queres ir, mas para isso, é preciso realmente auscultar o mercado para perceber o impacto, e às vezes, é preciso mesmo fazer alguma pressão para estas coisas desaparecem em prol de algo melhor. E tu sabes como é a indústria em termos de resistência à mudança... Se formos a permitir isso, nunca andamos para a frente verdadeiramente, porque o cu é sempre pesado e custa a levantar :-D

    Dou-te um exemplo claro, para mim, é um real cancro ainda ter que depender de portas série e cabos exclusivos para fazer acessos ao OS dos routers Cisco. Especialmente pela panóplia de adaptadores que preciso para isso. Quem me dera que matassem esse acesso nos routers em prol de algo mais simples. A segurança de acesso a algo não deve depender exclusivamente da dificuldade e saltos que se tem que dar para aceder a algo.
     
  13. VelhoDoRestelo

    VelhoDoRestelo Power Member

    Ou seja, os milhares de coleccionadores de material Legacy ficam sem opcoes, e isso?!
     
  14. miguelbazil

    miguelbazil Moderador Ninja
    Staff Member

    Colecionismo não é o objectivo deste mercado. E quando o legacy não traz benefícios óbvios, começa a tornar-se difícil justificar. Mas uma vez mais, a solução é simples: cria-se um mercado de nicho para esses produtos e vemos como é que ele fica ou evolui.

    Um bom exemplo para mim foi a questão do jack dos fones nos smartphones. É difícil de fazer desaparecer porque as alternativas não trazem objectivos óbvios. Usar headphones por usb-c compete com o carregar dos smartphones, e o material audio bluetooth acaba a sair mais caro, com menos preço/qualidade, e requer mais consumos de bateria (de ambos os dispositivos).

    No caso dos molex, portas série, etc., os benefícios das alternativas são óbvios e não aumentam custos, até podem fazê-los descer.
     
  15. fakemeta

    fakemeta Colaborador
    Staff Member

    Não.

    Acho que há algum mal entendido com as minhas intervenções. O que eu quero dizer é que quem tem material legacy, por exemplo, discos IDE (para não repetir o exemplo da drive de disquetes), tem de ter todo o ecossistema/plataforma que suporte discos IDE e não pode estar à espera que as novas boards suportem esta tecnologia. Há sempre um período de transição entre diferentes tecnologias/padrões em que se dá suporte a legacy (o conector ATA/PATA é um bom exemplo) mas há um momento em que o suporte cai por completo. Parece-me que esse momento já deveria ter chegado com o conector molex. Só ainda não foi descontinuado por teimosia dos fabricantes. Exemplo: a minha bomba D5 para o WC usa uma porta sata mas o sensor de temperatura que puxa muito menos corrente nos 12v usa molex. Que sentido faz isto? Nenhum.

    O fim do conector molex não implica a falta de suporte aos devices que usam molex. O suporte poderia continuar a existir desde que se usem adaptadores, tal como existem adaptadores sata -> molex neste momento.

    A minha opinião é parecida à do @JPgod. Se é para acabar com o conector sata e molex tradicional, que se crie um novo padrão com 12v e gnd. Mas se é para fazer isto, que pensem numa solução para continuar a dar os 5v que molex/sata têm neste momento.
     
  16. erdnagama

    erdnagama Power Member

    O argumento do legacy para mim não colhe.
    É simples criarem-se adaptadores e resolver-se o problema. Molex sempre foi um cancro.

    Apoio 100% a iniciativa.
     
  17. Scan_Ferr

    Scan_Ferr Power Member

    Concordo. Não faz qualquer sentido apostar em tecnologias legacy. Que se façam adaptadores para esses nichos, que têm todo o direito de existir.
     
  18. 0013

    0013 Power Member

    Essas fichas grandes são super baratas. Por isso é que depois têm tolerâncias ranhosas que todos nos queixamos.

    Nada impede 1 fabricante de construir a sua fonte apenas com conectores sata e oferecer 2 ou 3 adaptadores sata-molex. Afinal de contas o processo inverso foi feito a quando da introdução das portas sata...

    Se os fabricantes não o fazem, principalmente no high end, é por 1 questão de corte de custos
     
  19. JPgod

    JPgod Moderador
    Staff Member

    A solução para isso foi a modularidade... Só conectas cabos molex se precisar.
     
  20. Nemesis11

    Nemesis11 Power Member

    Seja abolindo, seja descontinuado com o tempo, era bom que o Molex morresse.
    Outra coisa a melhorar é aqueles pinos para o botão de power, reset, etc. Eu sei que há forma de facilitar a colocação desses pinos, mas deveria ser um sistema novo, mais fácil e moderno.