1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Fiquem em casa.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio
  3. Consulta o Portal de Jogos da ZWAME. Notícias, Artwork, Vídeos, Análises e muito mais.

    Remover anúncio
  4. Informação: A partir da 1:00 (0:00 nos Açores) desta Segunda-feira, 6 de Julho, haverá alguns períodos de inacessibilidade ao fórum e restantes sites da ZWAME (Comparador, Jogos, Portal, etc).
    Se necessário faremos actualizações via Twitter e Facebook.
    Remover anúncio

Partilha O último jogo

Discussão em 'Jogos - Discussão Geral' iniciada por hashshashin, 2 de Agosto de 2010. (Respostas: 3192; Visualizações: 326982)

  1. LionHeart.

    LionHeart. Power Member

    Não estão mesmo a perceber que para além de respeitar a nota do user, também posso ou não concordar com a mesma! Não estou a dizer que o que eu acho é opinião geral e verdade absoluta! É apenas uma opinião.

    Off-topic terminado de minha parte.
     
  2. underfox

    underfox Power Member

    Quando dizes " apenas este jogo não é jogo para 7/10 quer ele goste ou não!". Estas a ser bastante categorico e ja nao vehiculas uma simple opiniao mas sim um facto errado . Era so mesmo essa frase que me fez reagir. Nao me levas a mal nao te estou a atacar ou nada disso. So mesmo falar do direito a discutir da nossa opiniao sobre o ultimo jogo jogado sem ter tentativas de descredibilizacoes erradas quando essas opinioes nao vao no mesmo sentido que os outros.

    Por exemplo. 4.4 de user score para the last of us part 2? posso entender que haja pessoa que acha mesmo que o jogo merece tal nota, mas a meu ver e somente a meu ver, este jogo nao merece menos de 7 tal como para ti nao merece menos de 9 nunca. Tem demasiadas qualidades para levar menos de 7 mas pronto se o pessoal julgar que sim, quem sou eu para tentar discutir dizer-lhes que estao errados na ideia deles ?
     
    Última edição: 24 de Junho de 2020
  3. Morais

    Morais Power Member

    Interessante como este pequeno universo demonstra o quão inútil é todo este sistema de pontuação, "o jogo é mediano, a narrativa é fraca e com falhas, dou-lhe um 10/10", mas não "levo a mal", são jogos que vos custaram 60€ e dos quais estavam à espera a algum tempo, é algo que foi mesmo estudado, é como comprar uma nova peça de hardware e, mesmo depois da compra, estár à procura de analises que digam "sim, essa tua compra impulsiva e possivelmente desnecessária e / ou demasiado cara para o que oferece não foi uma má compra".

    Especialmente com um jogo como o The Last of Us Part II cuja narrativa atropela tudo o que o jogo anterior construiu, a forma como as personagens foram tratadas, a mecânica de combate repetitiva e simples mas que para "todos" é "fenomenal", a lista continua. Mas não é o único jogo e nem será o ultimo a "sofrer" disso, por exemplo, uma série de jogos que não tem tido um lançamento de qualidade há mais de uma década.. ah, claro, o FIFA, ora bem o 2020 tem uma media de 80 e a media dos jogadores é... 1, ish.

    Todos os jogos tem as suas virtudes e as suas falhas, alguns mais do que outros, e a percepção da qualidade de um jogo varia imenso com a experiência de quem o joga, um jogo recente para dar um exemplo mais pratico? Monster Hunter World! Adorei esse jogo, 500 horas de jogo nele, se é um jogo de 10/10? Nem chega perto de um 7/10! O motor gráfico é abismal, a adaptação para PC é uma anedota, as mecânicas de jogo não são devidamente explicadas, imensos monstros reciclados, as armas estão tudo menos equilibradas, a estabilidade do netcode é surreal, em cada actualização mandam algo ao ar, ainda agora esta nova actualização está a causar imensos problemas para sequer entrar no jogo... e mesmo assim, 500 horas de jogo nele.
     
    Última edição: 24 de Junho de 2020
  4. LionHeart.

    LionHeart. Power Member

    Nessa ordem de ideias tens toda a razão e confesso que aquela frase talvez tenha sido mal escolhida. Basicamente o que queria fazer entender é que respeito essa notas assim como tenho todo o direito de não concordar com as mesmas e tentar explicar o porquê! A minha opinião não é mais ou menos que a de ninguém.
    E don't worry, que não levei nada a mal...
    Abraço
     
  5. dig_it

    dig_it Power Member

    Para ele, face a nota que deu, e por aquilo que escreveu a história num videojogo é o mais importante pois em tudo o resto ele disse bem de tudo. Daí ter dito que o 7/10 não pareceu muito adequado ao que ele disse. Mas é a forma dele fazer análises e eu respeito. Para mim a história não é o mais importante num videojogo. Tendo bom Gameplay, gráficos e Som já e o suficiente para ter 8/10 no mínimo para mim.
     
  6. Snake Eater

    Snake Eater Power Member

    Combate repetitivo? Mas isso não são todos os jogos de ação? A jogabilidade do jogo é brutal, andar no meio da vegetação como no MGS3 sem sermos vistos pelos inimigos, personagem deitada de costas no chão e ainda consegue disparar como no MGS5 ou no Wildlands, a variedade de possibilidades de passar um confronto com inimigos, matar tudo, ser stealth, ir por uma porta ou uma janela ou então descobrir uma racha na parede e passar através dela, usar vários tipos de armas que se vão encontrando pelo jogo fora, armas melee que dão mais dano, usar um inimigo como escudo para matar os outros. A lista podia continuar, mas no meio de tantas opções "é repetitivo". O Super Mario também é repetitivo, é saltar apenas!

    Esta Part II atropela tudo o que foi feito no jogo anterior? E se esta Part II for como diz o título uma parte 2 do jogo, e estes dois jogos são apenas um e agora estamos a viver a segunda parte? Já pensaste nisso? O problema de algumas críticas à história do jogo é que as pessoas não souberam interpretar as coisas como foram mostradas. As pessoas estavam habituadas a um jogo mostrar o lado de uma personagem e a não mostrar o lado

    do vilão onde te dão o controlo da personagem que acabou de matar uma personagem principal, e ficas a odiar naquele momento. Mas se calhar as pessoas pararam para pensar que ela tinha um bom motivo para isso? Diz-me um jogo onde te colocam nos dois lados das personagens como este jogo fez.
     
  7. underfox

    underfox Power Member

    Concordo quanto a parte do gameplay. Pessoalmente achei excelente e muito fun. Sendo fa de MGS obviamente que as pequenas mecanicas similares agradaram-me immenso. Alias diria que tudo menos a historia e absolutamente incrivel. Ate mesmo a historia tem os seus momentos incriveis.

    Contudo Tenho de dizer que meter-me na pele do vilao e pensar nos seus motivos sempre foi uma coisa que fiz em qualquer jogo onde o vilao mostra nao ter tracos de maniqueismo ( e de certeza que e o caso de 90% dos espectadores de hoje em dia ). Hoje em dia, 90% dos antagonistas de sao assim, ate os comics evoluiram neste sentido e ja nao oferecem viloes que sao viloes so porque sim. Alias, e bastante comum hoje em dia torcer por um vilao de um jogo , film ou livro sem necessariamente termos que ler a historia dele simplesmente pelos seus ideais durante o decorrer da historia. Penso que jogaste Metal Gear solid bem mais do que uma vez como eu e nunca te foi necessario jogar um jogo do Ocelot para acabar por perceber que ele nao assim tao mau como isso. Nao digo que nao seja uma boa ideia em fazer com que o jogador joga o antagonista nao, mas para alem de nao ser nada de novador pois ja foi feito inumeras vezes ( metal gear solid includo desde o 3 e por ai fora ) neste caso do the last of us part 2 foi muito mal feito e apresentado de maneira fraca para muitos jogadore como eu, e no momento em que ela faz o que fez, a primeira coisa que disse a minha mulher foir " de certeza teve uma boa razao por fazer isso, mas estou para ver porque " pois toda a gente que jogou o primeiro sabe que o joel nao era nenhum santo desde

    a morte da Sarah
    e ele era alias bastante horrivel para outros seres humanos que nao estavam do lado dele ou da Tess.

    Agora parte 2 sim, ok, mas nao deixa de ser um jogo completamente novo e standalone quanto ao primeiro. Pensado em funcao e relacao aos eventos do primeiro e anos depois do mesmo, dizer que nao atropella nada porque visto que se chama part 2 e como se estivessemos na continuacao da historia do primeiro que foi tao bom e como dizer a saga terminator nao e assim tao ma pois e o seguimento do T2 portanto nao atropelaram o franchise com os filmes seguintes ( genisis :puke: ) . E melhor nao assumir que o povo e estupido e so as pessoas que gostaram do jogo e que perceberam realmente o que faz deste jogo um masterpiece. Ninguem e mais illuminado que o outro so porque gosta mais de algo.
     
    Última edição: 25 de Junho de 2020
  8. JAC_TUGA

    JAC_TUGA Power Member

    The Last of Us parte 2 » 8.5/10
     
  9. ZarakiDS

    ZarakiDS Power Member

    Concordo.
    Uma coisa é o jogo dar-te x habilidades que usas para ultrapassar níveis com estruturas diferentes (típico Super Mario 3D) O jogo cria formas de ser menos repetitivo.
    Outra é o jogo dar-te x habilidades que usas para ultrapassar níveis com estruturas repetidas (típico Uncharted) O jogador inventa formas para ser menos repetitivo.
     
  10. SVM

    SVM Power Member

    TLOU2. Que masterpiece absurda! O combate disto é o mais intenso que alguma vez tive a oportunidade de experimentar num video jogo.

    O gore, o "impacto", a tensão constante!!

    Grande, grande jogo!
     
  11. LionHeart.

    LionHeart. Power Member

    Parece que ganhei um novo primeiro lugar na minha lista de melhores jogos de sempre.

    The Last of Us Part 2, é absolutamente brutal em todos os sentidos.

    De minha parte leva um valente 10 pois muitos poucos jogos conseguiram prender me do início ao fim desta maneira. E é bastante longo, o que para mim é excelente dado o prazer que é jogar isto.

    Mais que recomendado

    Juro que nenhum jogo me fez comprar a consola novamente só para o jogar, não o faria pelo GoW por exemplo, e olhem que também adorei o jogo!

    Deus queira que façam uma Part 3, para a PS5, onde voltarei a jogar isto com todo o prazer, de preferência a 4k, 60fps.

    Que espetáculo deve ser...
     
  12. dig_it

    dig_it Power Member

    Star wars Battlefront 2 - Campanha

    6.5/10

    Confesso que só joguei este jogo por ter sido oferecido no plus, não ia com grandes expectativas.

    A minha experiência com este jogo foi bastante má. Gráficos, ambiente sonoro e combate com as naves bons, tudo o resto achei um tédio.

    Jogabilidade é do mais genérico que joguei até agora na PS4 sem grande variação do que se tem de fazer. Nos últimos níveis achei um pouco absurdo o nível de dificuldade e o spam de inimigos mesmo à minha frente. Já para não falar dos 2 ou 3 bugs que apanhei em que tive de fazer restart do checkpoint anterior. Outras vezes estava perdido no mapa sem saber o que fazer ou para onde ir até finalmente aparecer o próximo objetivo. A história também não achei nada demais. Resumindo acabei o jogo quase a fazer um favor a mim mesmo por ter feito download do mesmo. Este jogo fez-me deixar de pé atrás para a compra do Jedi Fallen Order.
     
  13. Snake Eater

    Snake Eater Power Member

    [​IMG]
    LEGO: Ninjago Movie
    7/10
    Nas caixas lego vem lá a indicar para que idade são, normalmente são para crianças dos 6 aos 14, mas alguém liga a isso? Claro que não.
    Este jogo Lego Ninjago é mais um bom jogo Lego. Eu só joguei dois jogos da Lego, o Lord of The Rings e o The Hobbit e diverti-me à grande. neste aqui também me diverti imenso, e apesar de não ter visto o filme achei imensa piada.
    Para quem não conhece os jogos Lego eles normalmente são de filmes famosos (Star Wars, Pirata das Caraíbas, Indiana Jones, Harry Potter...) e contam sempre a história dos filmes mas com muito humor à mistura.

    Nota-se bem que estes jogos foram feitos para crianças, são jogos de plataformas com vários puzzles mas muito fáceis.
    Neste aqui jogamos com vários Ninjas que no decorrer da história vão aprendendo os seus especiais, os Spinjitzu. Esses poderes servem para avançar nos níveis, por exemplo é preciso usar o poder de fogo para destruir uma parede então temos de usar uma personagem com esse poder, ou usar o poder de congelar a água para criar uma parede para subir. Podemos controlar várias personagens em casa nível, mas nem tudo está aberto nem conseguimos até avançar na história.
    No fim de cada nível ficamos em free roam e podemos andar a explorar por esse nível e fazer side missions, ir a Dojos derrotar waves de inimigos, procurar saquetas com mais personagens Lego, apanhar os Golden bricks... Existem mais de 100 bonecos Lego no jogo, muitos têm poderes especiais para usar em certos sítios para abrir portas ou paredes ou mesmo puxar alavancas.

    O jogo é realmente muito bom, e tendo sido oferta na PS4 decidi jogar para me libertar um pouco de jogos mais complexos. O jogo é curto, demorei prai umas 6 horas para terminar, e tenho pena de este tipo de jogos só ter co op offline e não online. Mas isso resolveu-se com o share play, já quase no final do jogo andei a jogar com um amigo meu em ecrã dividido.
    Uma coisa que me incomodou um pouco foi a câmara, que por vezes ficava em sítios péssimos para poder olhar para onde ir.