Dúvidas sobre garantias/reparações/substituições

Yepi69

Power Member
Já alguém recebeu alguma indemnização da SPB sem ser em vale?
Deixei cair o meu Nokia 7 Plus e enviei para a seguradora, tinha o ecrã todo espatifado e o chassis danificado.
Paguei a franquia de 55€ e enviei o telemóvel, repararam apenas o ecrã e mandaram de volta.
Porém o mesmo ecrã estava defeituoso e mandei d volta, disseram-me que o mesmo já não tinha reparação e que ia ser indemnizado.
Perguntei no suporte se ia ser em voucher de loja e disseram me que não pois as lojas estão fechadas e não podiam arriscar eu sair nesta pandemia portanto pediram me os dados bancários.

A minha questão é, eu paguei 220€ pelo o telemóvel em "desconto" (livrarem-se do stock) mas no papel está o PVP do aparelho sem desconto, 449€.
Agora não sei se me vão dar o valor todo ou apenas o que paguei com "desconto".
Mais alguém já teve este tipo de experiência?
 

Nakamuura

Power Member
Já alguém recebeu alguma indemnização da SPB sem ser em vale?
Deixei cair o meu Nokia 7 Plus e enviei para a seguradora, tinha o ecrã todo espatifado e o chassis danificado.
Paguei a franquia de 55€ e enviei o telemóvel, repararam apenas o ecrã e mandaram de volta.
Porém o mesmo ecrã estava defeituoso e mandei d volta, disseram-me que o mesmo já não tinha reparação e que ia ser indemnizado.
Perguntei no suporte se ia ser em voucher de loja e disseram me que não pois as lojas estão fechadas e não podiam arriscar eu sair nesta pandemia portanto pediram me os dados bancários.

A minha questão é, eu paguei 220€ pelo o telemóvel em "desconto" (livrarem-se do stock) mas no papel está o PVP do aparelho sem desconto, 449€.
Agora não sei se me vão dar o valor todo ou apenas o que paguei com "desconto".
Mais alguém já teve este tipo de experiência?
Não tenho experiência e vou apenas especular: (terás de ver as condições da apólice)
a) A lógica seria receberes com base no capital seguro. O prémio de seguro que pagaste deve ser uma % sobre algum valor. Depende se pagaste sobre os 220€ ou 449€.
b) É preciso ver se prevêm no contrato algum tipo de desvalorização do telemóvel com o passar do tempo (como os automóveis)
 

Yepi69

Power Member
Não tenho experiência e vou apenas especular: (terás de ver as condições da apólice)
a) A lógica seria receberes com base no capital seguro. O prémio de seguro que pagaste deve ser uma % sobre algum valor. Depende se pagaste sobre os 220€ ou 449€.
b) É preciso ver se prevêm no contrato algum tipo de desvalorização do telemóvel com o passar do tempo (como os automóveis)
LIMITES DA COBERTURA
O limite de cobertura, por sinistro e anualidade de seguro, será em todos os casos, o menor dos dois valores seguintes:
• PVP do Objeto Segurado no momento do sinistro
• Ou valor máximo do segmento segurado.
y em caso de Roubo, máximo de 1000 € para llamadas fraudulentas y 25 € para a substituição do Cartão SIM. Em caso de sinistro sem perda total e consequente(s) reparação(ões) o custo das mesmas deduzem ao montante da indemnização em caso de posterior sinistro com perda total.

A minha pergunta é, o meu aparelho já foi reparado e voltou de volta sobre defeito da reparação, será que me vão deduzir o valor da reparação como indica nas condições gerais? É que o aparelho não é uma perda total, logo por aí penso que não
 
Última edição:

iFolk

Power Member
Olá pessoal.

Uma dúvida um pouco genérica.

Tipicamente quando entregam um telemóvel para garantia, em que estado entregam mesmo?

Refiro me a loggout de redes sociais, mail etc.

Talvez não haja outra alternativa mas só a seca que é fazer log out de tudo, backup de fotos, apagar tudo no browser etc etc...hehe.

Obrigado desde já!
 

ruisapo

Power Member
Olá pessoal.

Uma dúvida um pouco genérica.

Tipicamente quando entregam um telemóvel para garantia, em que estado entregam mesmo?

Refiro me a loggout de redes sociais, mail etc.

Talvez não haja outra alternativa mas só a seca que é fazer log out de tudo, backup de fotos, apagar tudo no browser etc etc...hehe.

Obrigado desde já!

Ja entreguei das duas maneiras, com e sem reset. Mas diria que é mais seguro com reset, principalmente coisas tipo mbway . E não te esqueças de tirar o SIM.

E normalmente eles dão reset, portanto faz backup
 

Kimosabe

Power Member
Boa noite pessoal ! Preciso da vossa ajuda/opinião, porque entalei o meu telefone no porta bagagens e neste momento está quase morto . Tenho o ecrã um pouco estilhaçado na parte superior ,o ecrã está negro e qdo carrego no botão ligar /desligar começa a piscar com as cores distorcidas, não consigo fazer mais nada ,nem desligar .O modelo e um Mi 9T pro. Acham que tem salvação? Quero referir ainda que o corpo não dobrou .
 

_unknown_

Power Member
Uma questão breve sobre as garantias, porque li informação contraditória e pouco clara consoante cada fabricante.
Qual é o período se é que existe para a bateria dos telemóveis e eventual substituição devido ao desgaste da mesma?
 
a bateria tem de funcionar durante os 2 anos, e está sujeita a um desgaste normal de uso. i.e. ao fim de 1 ano é normal que não tenha a mesma capacidade de quando foi comprado, mas tb não é normal de que so aguente 1h ligado por exemplo.
 

|_ScorpioN_|

Power Member
Uma ajuda pessoal, o meu telefone deixou de funcionar. Não liga, não consigo aceder à recovery nem através de teclas, ligar ao PC, com cartão de memória...
Fui por a reparar e a assistente indicou que não farão reparação (forcei à mesma e acabou por o encaminhar para a reparação) porque tem o ecrã partido e como necessitam de o abrir para reparar isso levará à quebra do ecrã.
Até que ponto poderei reclamar se não me efectuarem a reparação uma vez que firmware e abrir telefone não me parece de todo duas coisas directamente ligadas.
 

flordocampo

Power Member
viva. Deixei o movel na loja para enviarem para a china (xiaomi). problema hardware (mas que foi escrito ser software(acho que truque do funcionario), enfim).

Entreguei-o no mes passado, mas a garantia acaba este mes.

O funcionario mandou logo a dica "isto vai e volta com problemas e depois nao podes activar novamente a garantia"

Pensei logo na espetacular manobra que irá acontecer, No entanto na lei pode ler-se:
7 - O prazo referido no n.º 1 suspende-se, a partir da data da denúncia, durante o período em que o consumidor estiver privado do uso dos bens.

Mas como muita gente vem por aqui dizendo: não tenho $ para ir a tribunal ou tempo para ir falar online com os julgados da paz

O que aconselham?
centro de arbitragem
ASAE
1º mandar carta registada a explicar a minha situação à loja? (pelo que o funcionario disse e a loja é em queluz :) nao me cheira)..
julgados é a melhor hipotese. gastou um $, mas talvez fique com pratica para situaçoes futuras?

Obrigado por qualquer ajuda
 

Nakamuura

Power Member
viva. Deixei o movel na loja para enviarem para a china (xiaomi). problema hardware (mas que foi escrito ser software(acho que truque do funcionario), enfim).

Entreguei-o no mes passado, mas a garantia acaba este mes.

O funcionario mandou logo a dica "isto vai e volta com problemas e depois nao podes activar novamente a garantia"

Pensei logo na espetacular manobra que irá acontecer, No entanto na lei pode ler-se:
7 - O prazo referido no n.º 1 suspende-se, a partir da data da denúncia, durante o período em que o consumidor estiver privado do uso dos bens.

Mas como muita gente vem por aqui dizendo: não tenho $ para ir a tribunal ou tempo para ir falar online com os julgados da paz

O que aconselham?
centro de arbitragem
ASAE
1º mandar carta registada a explicar a minha situação à loja? (pelo que o funcionario disse e a loja é em queluz :) nao me cheira)..
julgados é a melhor hipotese. gastou um $, mas talvez fique com pratica para situaçoes futuras?

Obrigado por qualquer ajuda
Estou a assumir que foste à loja onde compraste o telemóvel, certo ?

Ao 30º dia apresentas-te na loja. Se não estiver reparado deixas reclamação no livro para provar que lá estiveste e não tinham o artigo reparado.

Depois metes acção. Idealmente no centro de arbitragem da tua zona (se houver) ou no CNIACC (se não houver). Costumam ser gratuitos ou 10€ em Lisboa, salvo erro.
Também podes recorrer ao julgado de paz se o concelho da loja tiver julgado de paz. Pagas 35€ e eles 35€ e quem ganha a acção paga tudo, sendo devolvidos os 35€ a quem ganhou (a não ser que haja culpas partilhadas).

Nessa acção expoes os factos de forma simples: a avaria, quando é que se manifestou, quando deixaste a reparar (anexas o comprovativo que a loja te deve ter dado) e a data em que o mesmo devia estar pronto e não estava (provas com a cópia do livro de reclamações).
E nem há conversa: pedes a resolução do contrato ou seja, que sejam condenados a devolver-te o dinheiro (o aparelho já o têm em poder deles)

Se, por outro lado, estiver repado, óptimo. Isso de não poderes activar mais vezes a garantia é tanga. Cada um pode dizer os disparates que lhe apetecer. Ele que mostre a lei em que diz que só tens direito a uma reparação.

Até é ao contrário: à segunda avaria quem tem mais poder para rescindir o contrato de venda és tu porque um juiz é muito mais sensível a aceitar que se peça isso à segunda avaria.
 

franciscoserrao

Power Member
Boas a todos. Tenho a seguinte questão :
O meu smartphone Huawei está prestes a fazer os 2 anos de garantia, contudo pela 3 vez em quase 2 anos começaram a aparecer manchas brancas na lateral do ecrã o que parece indicar pixeis mortos.
Dado que o sintoma é o mesmo das últimas duas reparações a garantia do ecrã (penso que foi trocado) extende se por mais 2 anos ou só acresce o tempo em que este esteve na reparação?
Para saber que tenho que ter pressa em coloca lo na loja ou posso aguardar
 

Vacuum

Power Member
Acresce o tempo que esteve na reparação e se o ecrã foi trocado essa peça tem 2 anos de garantia a partir desse momento.

Essa troca para a peça nova tem de estar documentada.
 

Nakamuura

Power Member
Boas a todos. Tenho a seguinte questão :
O meu smartphone Huawei está prestes a fazer os 2 anos de garantia, contudo pela 3 vez em quase 2 anos começaram a aparecer manchas brancas na lateral do ecrã o que parece indicar pixeis mortos.
Dado que o sintoma é o mesmo das últimas duas reparações a garantia do ecrã (penso que foi trocado) extende se por mais 2 anos ou só acresce o tempo em que este esteve na reparação?
Para saber que tenho que ter pressa em coloca lo na loja ou posso aguardar

O sintoma é o mesmo mas eles podem inveentar que a avaria agora é diferente. Se fosse a mesma o componente reparado (mas apenas esse componnete) teria 2 anos adicionais de garantia a partir da substituição.

Agora depende da agressividade, do tempo e das chatices que queiras meter nisto. Eu sendo a terceira vez pedia imediatamente a resolução do contrato de venda (devolução do artigo).
É certo que estás perto do final da garantia inicial de dois anos, mas já não é a primeira, nem a segunda vez e perdeste a confianç a no produto. Exigir a resolução do contrato, mesmo perto do final, não parece abuso de direito (digo resolução de contrato porque substituição por um novo já não deve ser possível por não haver o mesmo modelo, senão era isso que faria).

Num gesto de boa fé (o que é bom para eventual caso judicial) podes dizer que aceitas o dinheiro em cartão ou a troca por outro modelo identico ou superior, a acordar entre ambos. Não serias obrigado a isso, mas demonstra boa fé e é valorado pelo juiz se chegar a esse ponto.
 

franciscoserrao

Power Member
E será assim tão fácil exigir a resolução de contrato?
De facto torna se algo insustentável que passado 3 meses os sintomas que reportei na altura voltem a aparecer.
Eu até preferia que em vez do dinheiro me dessem o smartphone mais recente equivalente a este (o meu é o psmart 2018)
 

Nakamuura

Power Member
E será assim tão fácil exigir a resolução de contrato?
De facto torna se algo insustentável que passado 3 meses os sintomas que reportei na altura voltem a aparecer.
Eu até preferia que em vez do dinheiro me dessem o smartphone mais recente equivalente a este (o meu é o psmart 2018)
Se a loja recusar envolverá algum trabalho porque terás de meter o caso no julgado de paz ou centro de arbitragem. Tenta falar com eles e ver a reacção. Mas convinha, antes de falares com eles, saberes o que vais fazer porque se a tua ideia for exigir a resolução do contrato deves expressar isso mesmo no momento e, se te recurarem, deixares isso escrito no livro de reclamações ou na guia de reparação (eles têm sempre o direito a verificar o produto).
 
Preciso de esclarecer, uma dúvida.

Agora com o possível confinamento e encerramento de serviços não essenciais, como fica esta questão das garantias?

Tenho um equipamento em reparação, faz exatamente amanhã 30 dias que o mesmo foi entregue, no entanto, hoje mesmo desloquei-me à loja em questão e ainda não tinha chegado.

De que forma poderei exercer os meus direitos?

@mbarbedo dá para dar uma ajuda?

Obrigado
 
vais lá e perguntas pelo artigo, se não estiver pronto pede um novo ou dinheiro de volta. se não aceitarem, livro de reclamações e explica o sucedido (em que dia deixaste lá o artigo, etc)

24.O que é que posso fazer se o vendedor não cumprir o prazo de 30 dias?Se o vendedor não cumprir o prazo para a reposição da conformidade através de reparação ou substituição, o consumidor deve, em primeiro lugar, denunciar a situação junto da entidade competente – actualmente, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) –, nomeadamente através do Livro de Reclamações,podendo ser aplicada uma coima ao infractor, nos termos do artigo 12.º-A do diploma.Para além desta sanção, se o vendedor não cumprir o dever de reparação ou substituição do bem no prazo de 30 dias, o consumidor pode exigir imediatamenteoutra solução, nomeadamente a resolução do contrato.
https://cec.consumidor.pt/gestao-fi...das-garantias-versao-atualizada-2015-pdf.aspx
 

GTAsky

Power Member
Boa tarde, tenho uma dúvida que acho que me podem esclarecer.

Um artigo eletrónico, neste caso nem é um telemóvel mas deve ser igual, se for registado em NIF empresarial tem 1 ano de garantia. Mas e se for em NIF particular com com atividade aberta? Sabem?

Cumprimentos
 
Topo