1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.
  2. COVID-19 Mantenham-se seguros: Pratiquem distanciamento físico de 2 metros. Lavem as mãos. Fiquem em casa.
    Informação sobre COVID-19. Ajuda a combater o COVID-19 com o [email protected] e com o [email protected].
    Remover anúncio

Novas aquisições - Ler o primeiro post (updated)

Discussão em 'Recomendações de Equipamento' iniciada por Rui Marto, 6 de Julho de 2009. (Respostas: 3675; Visualizações: 288068)

  1. miguelbarroso

    miguelbarroso Power Member

    Despachei o material da Sony que tinha, decididamente o AF da A7 II é lento demais para o meu uso.

    E como usava pouco a Olympus 12-40/2.8 e acho curta para lente única em viagem, também foi à vidinha dela para alguém que a use mais.

    Mas agora tenho um brinquedo novo:

    [​IMG]

    Ainda me estou a habituar ao tamanho e peso dela, pois a 35-100/2.8 da Panasonic pesa metade e é bem mais compacta:

    [​IMG]

    Ok, a 40-150/2.8 está longe de pesar o mesmo da Sigma 70-200/2.8 que tinha para a Nikon, mas ainda assim é um regresso a algo mais pesadote! Agora a performance desta coisa... é brutal!!!... Com algumas vantagens face à 35-100, para além da maior distância focal. Primeiro de tudo, a 35-100 nos 100mm tem um FOV mais aberto que a 40-150mm a 100mm... estará mais perto dos 95mm. E a Panasonic é 1/3 de EV mais escura.

    Depois o AF da Oly é também um pouco mais fiável e rápido do que o da Pany. O bokeh é também mais bonito, embora seja algo subjectivo. As cores das imagens também são diferentes, mas ainda não decidi de qual gosto mais - ainda só testei isto durante um dia.

    A E-M1 II embora tenha algumas coisas da Olympus que ainda não enguli (a G9 ainda me está atravessada, mas cada vez menos), tem no geral uma performance fantástica e com esta lente dei um salto ainda maior em todo o comportamento da máquina.
     
  2. miguelbarroso

    miguelbarroso Power Member

    E com a saída da 12-40/2.8, aqui está a substituta:

    [​IMG]

    São praticamente do mesmo tamanho e é ligeiramente mais leve. Perco um pouco de abertura no lado tele, mas ganho em alcance, que no uso que lhe vou dar, me dá mais jeito. Em termos de qualidade de imagem, estão as duas taco-a-taco. A 12-100/4.0 seria uma escolha talvez mais interessante para esse uso, mas com dois graves problemas: bem mais pesada e maior, e acima de tudo muito mais cara (o melhor que conseguia arranjar era o dobro do preço que paguei por esta)
     
  3. kronnuz

    kronnuz Power Member

    Eu ando aqui a ver se me aguento... O sensor da X-T1 é pequenino e queria fazer um upgrade.
    Estou a pensar ir buscar uma 3 já que, honestamente, em termos de fotografia, a 3 e a 4 não serão muito diferentes sendo o sensor o mesmo. Acho que as diferenças se notarão maioritariamente em vídeo.
    Não considero que a 4 seja um salto em termos de geração exactamente por causa disso e sempre dava um salto grande em termos de material, sem investir muito. Em Grey Market já se arranja a 3 por 950€...
     
  4. TheVillain

    TheVillain Power Member

    IBIS mesmo para fotografia é um salto brutal. Se não te fizer falta a diferença de $$$ não hesites.
     
  5. kronnuz

    kronnuz Power Member

    Apenas em condições de muito pouca luminosidade não?
    Para o que faço tenho dificuldade em justificar a diferença de valor...
     
  6. cmiguelq

    cmiguelq Power Member

    Saltei de uma XT1 para uma XT3 no lançamento desta ultima, não podia estar mais satisfeito... Confesso que sou consumista, mas a XT4 não mexeu cmg, sinto que os ganhos são marginais para o meu tipo de fotografia, vais ficar muito satisfeito com a XT3, é um upgrade bastante significativo à XT1. Vai em frente.
     
  7. APedro

    APedro Power Member

    Fotograficamente falando acho o salto x-t3 para x-t4 maior que da x-t2 para a x-t3.
     
  8. kronnuz

    kronnuz Power Member

    Pois, eventualmente... Mas já agora gostava de saber a tua opinião sobre isso @APedro.
    Achas que será maior do que o salto da 1 para a 3?

    É das tais coisas, não gosto muito de andar atrás nestas cenas da tecnologia porque comprando agora uma 3, vou comprar uma máquina que já tem algum tempo de mercado e isso faz-me sempre pensar (o que também tem benefícios, note-se).
    Mas o que sinto com a 4 é que me parece que evoluiu para dar resposta maioritariamente às necessidades da malta do vídeo (IBIS, ecrã completamente articulado, maior bateria...).
    Ou seja, basicamente temos um cruzamento da XH1 com a X-T3...
    Se a máquina tivesse saído com um novo sensor, aí sim, diria que era uma nova geração e que talvez valesse o investimento. Assim, já me custa a dar esse salto... Posso estar a ver a coisa mal...
     
  9. TheVillain

    TheVillain Power Member

    Dizer que o IBIS só serve para vídeo não é bem verdade. Vais ganhar tal como dizes em situações de luz fraca mas também com a utilização de lentes tele. Se calhar não vai ser útil 90% das vezes mas vai permitir-te tirar shots que numa situação normal não conseguirias.
    Agora é mais cara e maior que a X-T3, portanto é uma questão de veres se para ti compensa.

    A X-T3 (e a 30 for that matter) teve uma evolução brutal no que diz respeito ao AF. Se vias isto como uma limitação vais ficar muito satisfeito. E ao preço a que está agora também é muito apetecível. Vais muito bem servido.

    Eu também sou como tu, não gosto de comprar as coisas mal saem para o mercado. O que muito provavelmente vou fazer é comprar a X-T4 daqui a um ano ou assim.
     
  10. APedro

    APedro Power Member

    Para mim, a X-T2 continua a ser um óptimo equipamento.

    Tenho uma X-H1 que serve de 2o equipamento mas não deixo a X-T2 por nada.

    Dito isto, se não tens nenhuma e queres optar, diria que a X-T3 é o melhor investimento para o € que despendes.

    Se tens uma X-T2 e estás satisfeito, não há necessidade de fazeres upgrade.

    Se tens a 3 acho então que, se não sabes porque precisas da X-T4 é porque não precisas mesmo.

    A X-T4 acho que é um óptimo equipamento para quem muda de sistema e tem logo um bom orçamento para investir ou para quem independentemente do sistema que tem, tem dinheiro para investir.
     
  11. CokasPT

    CokasPT Power Member

    Satisfazer o nosso apetite por novos equipamentos sem qualquer justificação é tudo menos investir...
     
  12. kronnuz

    kronnuz Power Member

    Tal como em tudo na vida, cada um sabe de si e o tipo que está lá em cima sabe de todos. As motivações de cada um são, bem, isso mesmo: as motivações de cada um. A partir do momento em que a subjectividade entra em campo, acho que qualquer discussão sobre isto acaba por ser pouco produtiva.

    Eu tenho uma X-T1 e sinto que, por exemplo, um sensor maior talvez fosse mais adequado às minhas necessidades/características/defeitos.
    Confesso que sou um pixel peeper; que sou algo preguiçoso ao nível da composição e em pós preciso muitas vezes de fazer crops granditos para chegar ao resultado que pretendo; que só tenho a 18-55 que, apesar de ser uma excelente lente de kit, tem as suas limitações a nível de IQ e ainda não consegui que me apresentasse resultados consistentemente bons (falha minha, provavelmente).

    Resultado, quando ando com a máquina, acabo muitas vezes por estar mais centrado na captura do momento com uma exposição correcta, do que com a composição porque sei que vou mexer no pós (que é algo que também gosto de fazer, apesar de não ser nenhum mestre lol). E depois acaba por ser um ciclo vicioso... Errado eu sei, mas é o que é...

    Nestes dois últimos pontos que referi, claro que posso melhorar sem que isso passe por mudar de máquina! Estudar mais o processo de composição e treinar e comprar melhor vidro, seriam as respostas mais óbvias.

    Em termos de cor e facilidade de obter uma imagem final que me agrada, sinto que fiquei a ganhar quando passei da D90 para a X-T1. Os perfis de cores da Fuji agradam-me mesmo muito e a profundidade que as imagens têm é incrível.

    Mas em termos de detalhe/sharpness, quando faço crop às fotos da D90 e da X-T1, parece que as da D90 têm mais detalhe.
    Foi algo que me surpreendeu porque o sensor da D90 era mais pequeno e a máquina bem mais antiga.
    Bem sei que esta comparação feita assim é difícil e pode ser enviesada, porque há vários factores que entram na equação, mas falo de uma comparação entre uma máquina e outra, ambas com a lente de kit (a D90 com a 18-105 e a X-T1 com a 18-55).

    Há algo relacionado com isto que sempre me fez alguma confusão: o tamanho dos ficheiros exportados com a X-T1. Os RAF normalmente andam ali nos 30mb e as fotos exportadas como JPEG, regra geral, não me ficam com mais de 5/6mb.
    Com os mesmos settings de exportação (tudo definido para ter o máximo de qualidade), usando a X-T3 de um amigo, as imagens ficam quase com o triplo do tamanho. Isto leva-me a crer que estou a perder informação e não sei porquê ou como... Mudar para o Capture One também ajudaria alguma coisa, mas reaprender uma data de processos é algo para o qual estou sem grande motivação/tempo nesta fase da vida.

    Claro que se percebe que o IBIS tem as suas vantagens para a fotografia, principalmente em fotos handheld e com baixas velocidades, mas dado o bom comportamento dos ficheiros com ISO's altos, acaba por o seu maior benefício notar-se mais em vídeo (é apenas a minha opinião com base no que fui pesquisando). Por isso digo que este não é um verdadeiro salto geracional e que esse acontecerá quando sair um novo sensor. A X-T4 parece-me uma máquina de transição e parece-me até um teste ao mercado para poderem decidir se lançam ou não a XH2 (apesar de já terem dito que a linha será para manter). Claro que a 4 é a uma máquina superior às anteriores, quanto a isso nem há discussão.
     
  13. miguelbarroso

    miguelbarroso Power Member

    Mas que conversa é essa? Os sensores da D90, da X-T1, X-T2, X-T3, X-T4 são todos do mesmo tamanho... APS-C (~24 x 16 mm)

    MFT sim, são sensores mais pequenos (17.3 mm × 13.0 mm). Os das Canon (não FF, com ~22.3 x 14.9 mm) são ligeiramente mais pequenos que os APS-C, e depois há os sensores FF (36x24mm) que são efetivamente maiores que os APS-C
     
  14. kronnuz

    kronnuz Power Member

    Ok, terminologia errada. Estava a referir-me à resolução e não ao tamanho físico do sensor
    O sensor da D90 é de 12.3 megapixels e o da X-T1 é de 16.7 megapixels.
    (sim, eu sei que mais megapixels não equivale directamente a mais qualidade).
     
  15. Natto

    Natto Power Member

    Se o ibis não é importante para ti acho que o a X-T3 pode ser uma boa solução dado que baixou de preço graças á saída da X-T4.

    Os sensores são os mesmos por isso em termos de IQ devem estar on pair. O sistema de AF da X-T4 foi melhorado mas se não fotógrafas coisas em acção secalhar não faz muita diferença. Mesmo se fosses usado eye AF acho que pelo que vi em vídeos e etc este sistema de AF no qué respeita ao eye não é nada de especial.

    Se tiras muita fotografia em baixa luz secalhar o ibis é importante, mas lá está depende tbm do subject que que vais fotografar.

    Que tipo de fotografia fazes?
     
  16. APedro

    APedro Power Member

    Os RAWs de equipamentos com sensores com maiores resoluções são mais pesados (maiores) que os de sensores mais pequenos (X-T1 vs X-T2).